Brasileiros são resgatados na Bolívia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 17 de outubro de 2003 as 10:47, por: cdb

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) com 105 passageiros pousou nesta sexta-feira no Aeroporto de Campo Grande (MS), às 11h20, procedente de La Paz, na Bolívia. São brasileiros e alguns estrangeiros que estavam naquele país, que hoje enfrenta grave crise política. De Campo Grande, o avião decolará para o Rio de Janeiro. O avião deixou a Bolívia por volta das 9hs da manhã desta sexta-feira. O avião havia pousado por volta das 7h30 na Base Aérea de La Paz.

Além dos brasileiros, vieram outros chilenos e argentinos. De acordo com o embaixador brasileiro na Bolívia, Antonino Mena-Gonçalves, os estrangeiros acolhidos pela ação militar brasileira são estudantes que pediram acolhida para retornar ao Brasil, um consultor do BID argentino que estava trabalhando com consultores brasileiros e a filha do ministro do interior da Colômbia, que pediu ajuda à embaixada brasileira para deixar a Bolívia.

O embaixador também disse que foi necessário ultrapassar a capacidade de 90 passageiros do avião C-130 Hércules para poder trazer todos os imigrantes. A operação foi considerada um sucesso, segundo ele. Mena-Gonçalves disse que permaneceram no país imigrantes que possuem vínculos, moradia e condições de ficar.

No entanto, ele não descarta a realização de uma nova operação de resgate em alguns dias se os conflitos no país se prolongarem.

Nesta quinta-feira, dois aviões estavam prontos para partir do Brasil, mas a FAB esperou a autorização do governo boliviano. De acordo com informações da Força Aérea, dois helicópteros C-H 34 Super Puma estão em Corumbá, no Mato Grosso do Sul e outro avião C-130 permanece em Campo Grande.

Inicialmente, apenas 53 brasileiros seriam resgatados no país, mas um grupo de estudantes se juntou aos turistas, totalizando 108 pessoas. Os brasileiros retidos em La Paz foram levados pela Embaixada brasileira para um hotel situado a três quilômetros do aeroporto, para aguardarem a chegada da aeronave para retornar ao Brasil.

Ainda nesta sexta-feira deve chegar à Bolívia uma representação diplomática do Brasil e da Argentina para oferecer ajuda ao país.

As manifestações em La Paz continuaram intensas nesta sexta-feira, quando várias caravanas de manifestantes chegaram ao centro da capital boliviana. Até o momento, estima-se que mais de 80 pessoas tenham morrido nos conflitos entre os manifestantes e a polícia boliviana.