Brasileiros desaprovam atuação de governo Lula na àrea social

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 15 de dezembro de 2005 as 10:36, por: cdb

Pela primeira vez desde o início da gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o percentual da população que desaprova a atuação do governo quanto aos programas sociais e nas áreas de saúde e educação é superior à parcela de brasileiros que aprovam. Em setembro, 50% dos entrevistados pelo Instituto Ibope concordavam com a atuação do governo, enquanto, neste mês, essa parcela passou para 47%. Os que desaprovavam a atuação do governo em relação às áreas de saúde e educação, eram 45%, há três meses, e em dezembro totalizaram 48% dos entrevistados.

Os dados contam da 12ª rodada da pesquisa do Ibope, encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quinta-feira. Foram entrevistadas 2002 pessoas, com mais de 16 anos, em 143 municípios, no período de 3 a 7 de dezembro. O levantamento tem margem de erro de dois pontos percentuais tanto para mais quanto para menos.

Em relação ao combate à fome e à pobreza, a pesquisa observou que a atuação do atual governo obteve melhora, mas ainda continua sendo desaprovada pela maioria dos entrevistados. Em setembro, 52% classificavam de forma negativa o desempenho do governo no combate à fome e à pobreza. Neste mês, 50% expressam essa opinião. Já os que aprovam o desempenho no mesmo quesito eram 43% na última rodada da pesquisa, e hoje somam 46% da população.