Brasil usa imagem de Senna para incentivar exportações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de outubro de 2003 as 18:57, por: cdb

O Ministério do Desenvolvimento quer usar a imagem do piloto Ayrton Senna para incrementar a venda de produtos brasileiros no exterior. De acordo com Viviane Senna, irmã do piloto e presidente do Instituto Ayrton Senna, o pontapé inicial deve ocorrer antes de primeiro de maio de 2004, data em que a morte do desportista completará 10 anos.

Uma das metas do instituto é aproveitar a notoriedade internacional do piloto para reforçar os ideais defendidos por Senna. “Queremos resgatar os princípios que ele deixou”, disse Viviane. Segundo ela, novas reuniões devem ocorrer no próximo mês com integrantes do Ministério do Desenvolvimento para planejar e detalhar a ação conjunta.

Senna morreu durante corrida do Grande Prêmio de San Marino, em Ímola. Antes do acidente, acumulou um recorde de 65 “pole positions”, 41 vitórias na categoria F1 e três títulos mundiais em 10 anos de carreira.