Brasil lidera ranking do pior lugar para se pagar imposto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 7 de novembro de 2006 as 21:28, por: cdb

Um estudo do banco Mundial (Bird) e da Pricewaterhousecoopers informa que as empresas brasileiras pagam 23 taxas, que somam uma alíquota de 71,7% e levam 2,600 mil horas para serem administradas. Com isso, o Brasil ocupa o último lugar do ranking de tempo gasto para pagamento de taxas. A média é de 332 horas. Foram comparadas alíquotas, número de taxas e tempo gasto para apuração, pagamento e controle de impostos em 175 países.

As Maldivas lideram o ranking da facilidade tributária. Para o sócio da Pricewaterhousecoopers, Carlos Iacia, “o grande número de tributos e a quantidade de normas contribuem para o mau desempenho do país”. Ele diz que o impasse em torno da reforma tributária retarda a modernização.

Países do oriente médio e do leste asiático oferecem as melhores condições tributárias para as empresas. Na América Latina, o ambiente é prejudicado pelo alto custo da administração – no Brasil, as empresas gastam por ano o equivalente a 455 dias nessa tarefa. O estudo ressalta que há, em média, 55 mudanças de normas tributárias por dia no país.