Brasil garante o abastecimento de energia para a Argentina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 1 de abril de 2004 as 09:23, por: cdb

O Brasil não vai interromper o envio de energia elétrica para a Argentina que começou na madrugada de terça-feira devido a escassez de energia nesse país, informou na noite desta quarta-feira o secretário de Energia da Argentina, Daniel Cameron.

– Acordamos a manutenção do abastecimento até a meia-noite de sexta-feira – disse Cameron após se reunir em Brasília com a ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff.

Mais cedo, assessor de um dos ministros, que pediu anonimato, disse que o Brasil manteria o abastecimento para a Argentina.

– O abastecimento não será interrompido. Foi uma discussão muito boa, de alto nível, existe uma excelente relação entre os dois governos – disse.

A crise energética argentina, que segundo o governo é resultado da falta de investimentos e uma expressiva recuperação econômica, se converteu em transtorno regional, envolvendo Brasil, Chile, Venezuela, Bolívia e Uruguai.

Na quarta-feira, o governo argentino decidiu limitar suas exportações de gás natural, o que prejudicou três usinas elétricas no Chile, para abastecer o mercado local que vive a pior crise energética em 15 anos.

Cameron disse que voltará a se reunir com autoridades brasileiras na quinta-feira para discutir os preços da eletricidade que a Argentina vai comprar.