Brasil empata com França e fica com o primeiro lugar do grupo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 27 de setembro de 2003 as 18:03, por: cdb

A Seleção feminina empatou com a França por 1 a 1, neste sábado, no RFK Memorial Stadium, em Washington, e garantiu a classificação para as quartas-de-final da Copa do Mundo da categoria.
O time brasileiro garantiu o primeiro lugar da chave com 7 pontos. A Noruega, que fez 7 a 1 na Coréia, ficou em segundo, com 6.

O próximo adversário será o segundo colocado do Grupo A e pode ser: EUA, Porto Rico ou Suécia.

Com a classificação praticamente garantida, o Brasil começou desconcentrado. No primeiro tempo, encolhida pela forte marcação das francesas, a equipe não criou grandes chances. As atacantes ficaram muito isoladas, enquanto as laterais não subiam para ajudá-las. Mesmo assim, na primeira vez em que efetivamente foi ao ataque, o Brasil assustou.

Aos 9mins, Marta, que assim como todo o time brasileiro chamava a atenção por usar uma proteção na cabeça (cada jogadora estaria ganhando 500 dólares para entrar em campo com o objeto) cruzou e Georges quase marcou contra. A França respondeu com Kramo, aos 10. A atacante dominou livre na área, mas a zaga tirou.

Aos 20, Maicon passou para Kátia Cilene, que cabeceou. Foi a vez da zaga francesa aliviar o perigo.

Por falar em Kátia Cilene, ela foi a principal jogadora da Seleção no primeiro tempo. As jogadas de ataque da equipe brasileira passavam obrigatoriamente por seus pés. Como aos 29 minutos, quando Marta passou a bola, e ela chutou em cima da goleira Marty. Quatro minutos depois, novamente Marta lançou Kátia Cilene, mas a goleira francesa espalmou o chute. Kátia ainda desperdiçou outra oportunidade aos 45 minutos, chutando fraco a bola passada por Maicon.

No intervalo, o técnico Paulo Gonçalves substituiu Priscila por Cristiane, tentando dar mais movimentação ao meio-campo brasileiro. E conseguiu. Aos 13 minutos, o Brasil abriu o placar. Numa bobeira da goleira Marty, que se adiantou e deixou o gol vazio, Kátia Cilene aproveitou a marcou seu quarto gol na competição. 1 a 0 para o Brasil.

A partir daí, o jogo ficou mais movimentado. Aos 23 minutos, a equipe brasileira perdeu uma ótima chance. Marta cruzou para Cristiane dentro da área, mas, ao invés de chutar para o gol, a jogadora preferiu passar para Kátia Cilene e acabou desperdiçando a oportunidade. Aos 45, Mônica cabeceou na trave e, no rebote, Kátia Cilene chutou para fora.

A França também levou muito perigo ao gol de Andreia, especialmente com Pichon. Foi ela que, nos segundos finais da partida, decretou o empate francês. Aos 48 minutos, a jogadora antecipou-se à zaga brasileira e chutou forte, sem chance de defesa para Andreia: 1 a 1.