Brasil e Venezuela mapeiam fronteira

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 14 de fevereiro de 2005 as 10:10, por: cdb

Brasil e Venezuela assinaram nesta segunda-feira, em Caracas, acordo para mapeamento da fronteira entre os dois países, que permitirá a descoberta de reservas minerais e também o ordenamento do garimpo na região. A informação foi dada pelo diretor-presidente do Serviço
Geológico do Brasil, Agamenon Dantas, que integra a comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Venezuela.

– O Brasil vai oferecer a experiência dos geólogos brasileiros para fazer o mapeamento – disse Agamenon. Segundo o diretor, o governo do presidente Lula retomou as atividades do mapeamento geológico e aerogeofísico, que estavam paradas há 18 anos. – As últimas jazidas minerais descobertas no Brasil foram da década de 70 – relatou Agamenon.

O programa de inclusão social “Luz para Todos”, lançado no Brasil pelo presidente Lula, que tem como objetivo atender, até 2008, 12 milhões de famílias que não têm energia elétrica, foi apresentado pela ministra de Minas Energia, Dilma Roussef ao governo venezuelano.

Segundo o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do Ministério de Minas e Energia, Marcio Pereira Zimmermann, o Brasil tem condições de dar todo os subsídios para a implantação desse programa na Venezuela.

– Essa proposta de ajudar a implantar esse programa foi dada pela ministra Dilma ao governo venezuelano – afirmou o secretário.

O Programa “Luz Para Todos” é considerado, segundo Marcio Zimmermann, como um dos maiores desafios do governo. “Esse programa começou ano passado e para este ano já estão assinados contratos que poderão resultar em 600 mil ligações domiciliares. A meta no total é atingir 2 milhões de ligações, alcançando uma população da ordem de 12 milhões de pessoas até 2008”, adiantou.