Brasil deixou para trás fama de desmatador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 31 de dezembro de 2010 as 12:49, por: cdb

Um dos mais quentes, 2010 foi o Ano Internacional da Biodiversidade. Apesar dos esforços e compromissos para reduzir ou limitar a emissão de gases de efeito estufa, o mundo decidiu apenas criar um  Fundo Verde e extender o Protocolo de Kyoto para além de 2012, quando expira o tratado. A boa notícia é que, caso haja queda na emissão de gases que provocam o efeito estufa, o urso polar pode ser salvo.

O Brasil comemorou a queda do desmatamento na Amazônia Legal, embora  o bioma tenha perdido só neste ano 6.451 km² de floresta. O país deixou para trás a fama de desmatador.

O acidente com a plataforma de petróleo operada pela petroleira britânica BP no Golfo do México despejou quase 5 milhões de barris no oceano, tornando-se o maior vazamento acidental de petróleo da história.

A hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), também foi tema de muita discussão e briga judicial. Sem falar no Código Florestal.

As novas regras para a exploração de petróleo na camada do pré-sal também dominou o notíciário neste ano. Como havia prometido, Lula vetou o artigo que determinava a divisão dos royalties do petróleo entre todos os Estados e municípios brasileiros.

Confira abaixo os fatos mais importantes do ano:

Dezembro:

Dia 28

O grande trunfo da área ambiental nos oito anos de governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a queda do desmatamento na Amazônia Legal. Em 2010, o bioma perdeu 6.451 quilômetros quadrados (km²) de floresta, chegando à menor taxa em 23 anos de monitoramento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Em 2003, primeiro ano do governo Lula, o desmate atingiu 25,3 mil km².

Dia 23

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quarta-feira a lei que define novas regras para a exploração de petróleo na camada do pré-sal. Como havia prometido, Lula vetou o artigo que determinava a divisão dos royalties do petróleo entre todos os Estados e municípios brasileiros. Outro artigo vetado destinava metade do dinheiro do Fundo Social do pré-sal a programas de educação.
Dia 17

Um dos maiores símbolos das consequências do aquecimento global, o urso polar pode não estar com seus dias contados. Incluído nas listas das espécies ameaçadas de extinção, por conta do declínio constante de seu hábitat gelado devido às mudanças climáticas, o animal poderá ser salvo, caso haja queda na emissão de gases que provocam o efeito estufa.

Dia 11

A conferência da ONU para o clima, a COP-16, terminou em Cancún, no México, na madrugada deste sábado de uma forma inesperada. Contra a expectativa de que não haveria anúncios relevantes ao final do encontro, foram firmadas duas decisões: a criação do Fundo Verde e a extensão do Protocolo de Kyoto para além de 2012, quando expira o tratado.

Dia 10

O governo brasileiro anunciou uma projeção para 2020 das emissões totais de gases do efeito estufa do país, estabelecendo um teto inédito no mundo. O país já havia anunciado as suas metas de redução de emissões em termos percentuais: 36,1% a 38,9%, abaixo das projeções para 2020. Faltava detalhar em termos absolutos o que isso significaria.

Dia 8

A China insistirá em manter suas emissões de gases do efeito estufa fora de qualquer tratado climático de cumprimento obrigatório, disse um diplomata chinês de alto escalão, qualificando de “mal entendido” uma afirmação anterior que sugeria concessões por parte de Pequim.

Dia 6

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta seguda-feira que o Brasil vai alcançar “muito antes de 2020” a meta de redução do desmatamento da Amazônia em 80%. Para Lula, a redução de 14% no desmatamento da Amazônia registrada este ano – a menor taxa em 22 anos – abre caminho para que a meta estabelecida em Copanhague no ano passado seja alcançada.

Dia 2

O projeto instituindo o regime de partilha de produção na exploração do petróleo na camada do pré-sal e em demais áreas consideradas pelo governo estratégicas foi aprovado no início da madrugada desta quinta-feira pela Câmara dos Deputados, derrotando o Rio na questão dos royalties: foi aprovada a emenda Simon criando novas regras para a distribuição dos royalies.

Dia 1

O Brasil poderá ter até 2050, 93% de sua matriz energética baseada em fontes renováveis, de acordo com um estudo feito pelo Greenpeace, que mostra a viabilidade econômica deste projeto. Além disso, a organização não governamental afirmou que os 7% restantes, que seriam oriundos do gás natural, poderiam ser substituidos, ampliando para 100% de energias renováveis no Brasil ainda no século XXI.

Novembro

Dia 30

O investimento necessário para suprir a demanda energética do país nos próximos dez anos será de R$ 952 bilhões. O maior investimento será em exploração, produção e oferta de petróleo e gás natural e devem ser de R$ 672 bilhões no período. Para garantir o intercâmbio de energia elétrica entre as regiões do país, os investimentos em transmissão de energia deverão ser de R$ 39 bilhões.

Dia 29

Sem grandes expectativas sobre um acordo global obrigatório para limitar emissões que provocam o efeito estufa, acontece, a partir desta segunda-feira até o dia 10 de dezembro, a 16ª Conferência das Partes (COP 16) da Convenção-Quadro das Nações Unidas para Mudança Climática.

Dia 26

A Petrobras informou nesta sexta-feira que os primeiros dados do Teste de Longa Duração (TLD) no poço exploratório 1-ICB-1-AM, confirmam a descoberta de uma nova acumulação de óleo leve e gás natural no Município de Tefé, no Amazonas, a 630 km de Manaus e 32 km da Província Petrolífera de Urucu. A Companhia já detém três campos produzindo petróleo e gás natural no Município de Coari.
Dia 25

O Japão é contra a prorrogação do Protocolo de Kyoto, que exige reduções das emissões de gases do efeito estufa pelos países ricos, e irá lutar por um acordo mais abrangente nas negociações da ONU, mesmo que fique isolado nessa posição.

Este ano já está empatado como o mais quente registrado numa série histórica iniciada em 1850, disseram três importantes institutos que calculam as temperaturas médias globais. O resultado dá ainda mais urgência para a conferência climática da Organização das Nações Unidas
Dia 24

A concentração dos principais gases causadores do efeito estufa na atmosfera alcançou o nível mais altos desde os tempos pré-industriais, anunciou nesta quarta-feira a Organização Meteorológica Mundial (OMM). As concentrações dos gases-estufa continuaram a aumentar em 2009.(ONU) que começa na semana que vem em Cancún.

Dia 23

A China admitiu nesta terça-feira que é o maior emissor global de gases do efeito estufa, confirmando o que cientistas já diziam há anos, mas defendeu o seu direito de continuar aumentando suas emissões. A China se compromete a reduzir não o volume total de emissões, e sim a “intensidade de carbono”.

Dia 17

A mudança climática poderá levar a invernos mais frios nas regiões do norte do planeta, de acordo com um estudo sobre o Clima. A diminuição do gelo marinho no Ártico oriental causa aquecimento regional dos níveis inferiores da atmosfera e pode levar a anomalias nas correntes atmosféricas, deflagrando um resfriamento geral dos continentes do norte.

Dia 16

A Petrobras quer se tornar a maior produtora mundial de petróleo de capital aberto até 2015, segundo afirma o diretor financeiro dacompanhia em uma entrevista publicada pelo diário britânico The Guardian nesta terça-feira. Segundo Almir Guilherme Barbassa, a companhia pretende mais do que dobrar sua produção na próxima década, para 5,4 milhões de barris de petróleo e gás por dia.

Dia 12

Os prejuízos globais decorrentes de desastres naturais podem triplicar até 2100, chegando a US$ 185 bilhões por ano, e isso sem levar em conta os impactos pela mudança climática, segundo um relatório da ONU e do Banco Mundial, que cobra mais medidas preventivas.

Dia 11

As negociações climáticas de novembro e dezembro no México buscarão chegar a um complexo conjunto de acordos integrados contra o aquecimento global, mas não devem resultar em um novo tratado de cumprimento obrigatório, disse a principal autoridade climática da ONU.

Dia 8

A implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), sancionada em agosto e ainda sem regulamentação, terá como grandes desafios a gestão compartilhada, o prazo para substituição de lixões por aterros sanitários e a ampliação e melhoria da produtividade da coleta seletiva.

O aumento do preço do etanol nas bombas de todo o país em consequência da elevação do preço do álcool nas refinarias está beneficiando a Petrobras. Para a empresa, o aumento crescente do álcool leva os motoristas que têm carro flex fuel (bicombustível) a migrar para a gasolina.

Dia 5

A produção de gás no Brasil cresceu 6,2% em setembro deste ano, na comparação com o mesmo mês do ano passado. Já na comparação com agosto, o aumento foi de 2,25%. O País produziu 63,9 milhões/dia de metros cúbicos do insumo, número considerado recorde pelo órgão regulador. Já a produção de petróleo recuou.

Dia 4

Representantes de vários países reúnem-se novamente no fim deste mês para mais uma rodada de negociações sobre ações para conter o aquecimento global. A partir do próximo dia 29, eles estarão em Cancun, no México, participando da 16ª Conferência sobre Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (COP-16).

Dia 1

A seca dos rios do Amazonas ajudou a aumentar a matança de animais como peixes-boi, botos e tartarugas. Com a seca, os animais ficaram confinados nos lagos e vulneráveis aos ataques dos caçadores. No Amazonas, os rios Negro e Solimões bateram recordes históricos de vazantes.

Outubro

Dia 27

A rede de mobilização global Avaaz (Voz), com base na internet, divulgou nesta quarta-feira um alerta mundial para o risco de desaparecimento das baleias francas e jubartes, a exemplo desta que morreu nesta manhã, encalhada em Búzios, no Estado do Rio, além de um terço de todos os animais e plantas ainda existentes no planeta. Segundo a instituição, veiculada em línguas asiáticas, europeias e do Oriente Médio, “a onda de extinção causada por humanos atingiu uma velocidade não vista desde a extinção dos dinossauros há 65 milhões de anos atrás”.

Estudo divulgado na COP 10 avalia estado atual dos vertebrados. Em média, 52 espécies se aproximam da extinção a cada ano. O número poderia ser pior, não fossem as medidas de conservação colocadas em prática em todo o mundo nas últimas décadas.

Dia 26

As emissões brasileiras de gases de efeito estufa aumentaram cerca de 60% entre 1990 e 2005, passando de 1,4 gigatoneladas para 2,192 gigatoneladas de dióxido de carbono (CO2) equivalente (medida que considera todos os gases de efeito estufa). O desmatamento ainda é o principal vilão das emissões nacionais de gases de efeito estufa.

O ator e ambientalista Harrison Ford pediu nesta terça-feira que os EUA aumentem o seu papel na proteção da natureza e assinem uma convenção global datada de 1993 para combater a extinção de espécies animais e vegetais.

Dia 24

Trinta e oito municípios do Amazonas decretaram estado de emergência, na pior seca na região em 108 anos. Segundo relatório do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), a seca fez o nível do rio diminuir em seis centímetros, o que o deixou a históricos 13,63 metros neste final de semana. Esse é o menor valor já registrado desde o início da medição, em 1902.

Dia 22

Os sinais da mudança climática estiveram espalhados pelo Ártico neste ano, com ar mais quente, menos gelo no mar, geleiras derretendo, o que provavelmente significa que essa região, crucial para a definição do clima no resto do planeta, não irá voltar ao seu antigo estado mais frio, disseram cientistas.
Dia 16

Os idealizadores do Programa de Qualidade e Consumo Responsável de Sacolas Plásticas estimam que, até o final deste ano, 3,9 bilhões de unidades deixem de ser usadas no país. A iniciativa, existente desde 2007, por meio da parceria entre a indústria e o varejo, visa a despertar no consumidor a prática de um consumo responsável, além de incentivar o descarte adequado de sacolas plásticas.

Dia 15

A contribuição do Brasil nas mudanças climáticas ocorre principalmente nas emissões de dióxido de carbono (CO2) por queimadas na região amazônica, que contribuem com 56% das emissões brasileiras. Elas são seguidas pela atividade agropecuária (24% das emissões) e pelos meios de transporte e geração de energia (12%).

Dia 11

Estudo revela que o avanço da agricultura para o Cerrado está causando transformações radicais na paisagem natural do bioma, devido à retirada quase total de sua vegetação nativa. Este processo gera a perda da cobertura natural do solo, o que é a principal causa da erosão e compactação do mesmo e da contaminação dos rios deste bioma.

Setembro

Dia 30

Cerca de 80% da população mundial vive em áreas onde o abastecimento de água potável não é assegurado, de acordo com um estudo. Os pesquisadores dizem que o hábito ocidental de conservar água para suas populações em reservatórios funciona para as pessoas, mas não para a natureza.

Dia 29

Um quinto das cerca de 380 mil espécies de plantas do planeta está sob risco de extinção, e os maiores danos são causados pela atividade humana, segundo um estudo publicado na quarta-feira, com ênfase para a situação nas florestas tropicais, como a Amazônia brasileira.

Dia 28

Metade do petróleo que vazou da plataforma British Petroleum no golfo do México permanece na região, segundo especialistas. Cerca de 2,4 milhões de barris de petróleo permanecem no frágil ecossistema, dos 4,9 milhões estimados que foram parar no golfo do México durante os 87 dias de vazamento.

Dia 27

A cidade de Linfen, na China, que libera poeira provenientes de carvão e apresenta contaminação na água por arsênio, é a mais contaminada do mundo. O ar que respiram seus habitantes equivale a fumar três maços de cigarros ao dia. O local é o centro mundial do carvão, do que depende 80% da energia consumida no país.

Dia 24

Uma reportagem publicada na edição desta semana da revista Economist afirma que o Brasil está deixando para trás a fama de desmatador, mas precisa superar entraves para virar o que um entrevistado no texto chama de “potência ambiental”. A revista explica as razões pela qual o país reduziu significativamente a sua taxa de desmatamento entre o fim dos anos 1990 e o início deste século e os últimos anos.

Dia 23

As mudanças climáticas poderão provocar, nas próximas décadas, impactos “alarmantes” em algumas bacias hidrográficas brasileiras, especialmente no Nordeste. A redução dos estoques de água até 2100 seria mais moderada na Região Norte. Mas, nas demais, pode haver redução da capacidade de geração de energia hidrelétrica, de 29,3% a 31,5%.

Dia 20

O governo brasileiro trabalha com a indicação de que o desmatamento na Amazônia, no período 2009/2010, será o menor da série histórica, iniciada em 1977 – superando inclusive o resultado recorde verificado no período anterior (2008/2009). Se o número for confirmado, o país terá antecipado, para este ano, a meta de desmatamento prevista para 2015, de acordo com Plano Nacional de Mudanças Climáticas.

Dia 19

Com uma descarga final de cimento, a BP “selou” permanentemente o problemático poço Macondo no Golfo do México, que desencadeou o pior vazamento de petróleo da história dos Estados Unidos, informou neste domingo um autoridade norte-americana de alto escalão.

Dia 17

A camada de ozônio que protege a vida contra os raios solares prejudiciais deve recuperar-se até meados deste século da ação de substâncias químicas nocivas, mas sua recuperação nas regiões polares levará mais tempo. A redução do ozônio — à qual é atribuída a radiação ultravioleta intensificada que provoca câncer de pele e cataratas, e prejudica a agricultura — vai continuar por décadas.

Dia 16

O novo plano de combate ao desmatamento do Cerrado tem a difícil missão de frear a destruição de um dos biomas mais ameaçados do país. Com um ritmo de devastação de 14 mil quilômetros quadrados por ano, o Cerrado já perdeu quase metade de sua vegetação original. O bioma, que ocupa 22% do território brasileiro, já perdeu quase 1 milhão de quilômetros quadrados, cerca de 48% de sua cobertura total.

Dia 14

Se for aprovada em sua forma atual, a revisão do Código Florestal brasileiro, em votação no Congresso Nacional, poderá levar a perdas irreversíveis na biodiversidade tropical, alertam cientistas em carta publicada na edição atual da revista Science. Os pesquisadores apontam que as propriedades privadas correspondem a 39% do território brasileiro e representam um componente essencial para a conservação da biodiversidade florestal, à parte das áreas protegidas formalmente.

Dia 8

A petroleira britânica BP admitiu responsabilidade pelo vazamento de petróleo que atingiu o Golfo do México mas também culpou outras empresas pela catástrofe. Em um relatório de 193 páginas, a empresa diz que o desastre veio após “uma série complexa e interligada de falhas mecânicas, julgamentos humanos, projetos de engenharia, implementação operacional e relacionamento de equipe”.

Dia 3

A edição desta semana da revista britânica The Economist traz uma reportagem sobre os desafios da produção de etanol no Brasil, em meio às eleições, ao foco na exploração de petróleo no pré-sal e ao que o setor da cana-de-açúcar considera serem falhas regulatórias do governo. A reportagem diz que a cana abriu caminho para formar “o núcleo de um novo complexo agroindustrial e de energia renovável”, além de tornar o país o maior exportador da commodity.

Agosto

Dia 27

A produção nacional de cana-de-açúcar deste ano será menor do que a previsão inicial, em até 620 milhões de toneladas, feita pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), mas isso não significa que haverá desabastecimento de etanol nos postos de gasolina no período de entressafra da produção, que vai começar em novembro próximo. A Unica, no entanto, acredita que os usineiros podem ter dificuldades para atender as necessidades do mercado.

Dia 26

Uma nota assinada por 56 entidades ligadas à comunidade científica, lideranças indígenas, religiosas e sociais contrárias à construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte classifica como “sentença de morte do Xingu” a concessão para construção da usina. As entidades criticam o fato de a assinatura ocorrer antes de o Instituto Nacional do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ter concedido a licença de instalação à obra.

Dia 20

Um estudo sobre os efeitos do vazamento de petróleo no Golfo do México confirmou a presença de uma “nuvem” de resíduos tóxicos localizada a um quilômetro de profundidade no oceano. Segundo a investigação, a nuvem formada por produtos químicos derivados de petróleo cru tem cerca de 200 metros de altura e dois quilômetros de largura – e se estende até aproximadamente 35 quilômetros do local do vazamento.

Dia 18

Um estudo da britânica Universidade de Durham afirma que os mamutes foram extintos por causa da redução nas áreas de pasto causada por mudanças climáticas, e não em consequência da caça por parte de seres humanos.

Dia 16

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, admitiu nesta segunda-feira que a plataforma de petróleo P-33, interditada pela Agência Nacional do Petróleo (ANP), tem “problemas de conservação”. Ele descartou, no entanto, que tais problemas ofereçam risco à integridade da plataforma e dos trabalhadores.

A escassez progressiva da areia pode fazer com que algumas praias do litoral brasileiro desapareçam do mapa, principalmente em cidades. A afirmação é do geólogo e geógrafo Dieter Muehe para quem os maiores vilões deste fenômeno são o aquecimento global e as ações nocivas do homem ao meio ambiente.

Dia 13

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) determinou nesta quinta-feira a suspensão das operações da plataforma P-33, da Petrobras, situada na Bacia de Campos, norte fluminense. O motivo alegado pela agência foi a falta de segurança na estrutura, verificada em fiscalizações feitas, segundo trecho da nota divulgada.

Dia 11

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou que fará uma vistoria na plataforma P-33, da Petrobras, baseada na Bacia de Campos, litoral norte do Estado do Rio de Janeiro. A ANP decidiu fazer a fiscalização depois de denúncias de que a plataforma tem problemas de infraestrutura e de segurança, que podem colocar em risco os funcionários.

Dia 6

As negociações climáticas da ONU retrocederam ao invés de avançarem na direção de um novo tratado global sobre o tema, já que os países envolvidos relutam em aceitar reduções expressivas nas suas emissões de gases do efeito estufa, e continuam acrescentando propostas ao documento-base.

Dia 4

Quase três quartos do petróleo vazado do Poço Macondo, no Golfo do México, já foi limpo ou dissipado por forças da natureza, informou a conselheira de energia da Casa Branca, Carol Browner.

Dia 3

A sanção do presidente Lula, sem vetos, à lei que cria a Pré-Sal Petróleo S.A. (PP-SA) está publicada na edição desta terça-feira do Diário Oficial da União. A nova estatal vai gerir a exploração do petróleo na área do pré-sal.

O acidente com a plataforma de petróleo operada pela petroleira britânica BP no Golfo do México despejou quase 5 milhões de barris no oceano, tornando-se o maior vazamento acidental de petróleo da história.

Julho

Dia 29

A Unesco retirou as Ilhas Galápagos da lista de patrimônios em perigo graças à aplicação de uma série de medidas executadas pelo Equador, que diminuiu as ameaças a seu frágil ecossistema, disse nesta quarta-feira o organismo.

Dia 28

A Araucaria angustifolia, mais conhecida como pinheiro brasileiro, vem sendo objeto de estudos bioquímicos e fisiológicos para melhor compreensão de suas funções biotecnológicas e ecofisiológicas. Mas, o pinheiro está a um passo de entrar na categoria das plantas em extinção.

Dia 25

Navios e plataformas que participam das operações de fechamento do poço da BP que explodiu em abril no Golfo do México voltaram ao trabalho no sábado, depois de uma tempestade tropical que ameaçava a região ter perdido força.

Dia 22

A Lua não é tão árida como se pensava. Ainda que não se encontrem oceanos, lagos ou mesmo uma poça em sua superfície, a água está presente no satélite terrestre. Após a descoberta de gelo em 2009, agora um grupo de pesquisadores acaba de identificar grupos de hidroxila em uma rocha lunar

Quatro das maiores empresas petrolíferas do mundo anunciaram a criação de uma força-tarefa para desenvolver um sistema de resposta rápida a derramamentos de petróleo no Golfo do México.

Dia 19

O governo dos Estados Unidos solicitou com urgência à petroleira britânica BP um plano alternativo para seu poço danificado no Golfo do México, apontando “anomalias” que poderiam indicar a continuação de um vazamento no leito marítimo próximo a estrutura.

Dia 16

A BP conseguiu pela primeira vez desde 22 de abril interromper totalmente o vazamento de petróleo no Golfo do México. O poço foi selado com uma cápsula, ou tampa, como parte de um teste que pode durar até 48 horas.

Dia 13

O Departamento do Interior dos Estados Unidos determinou uma nova suspensão da exploração de petróleo em águas profundas no país. As operações serão interrompidas até que as empresas implementem medidas de segurança para reduzir riscos de acidentes e estejam preparadas para conter vazamentos como o que ocorre no Golfo do México.

Junho

Dia 28

Criticadas por ambientalistas e consideradas polêmicas pela própria liderança do governo na Câmara, propostas de mudanças no Código Florestal Brasileiro foram defendidas pelo relator, Aldo Rebelo (PCdoB-SP). Ele rebate, por exemplo, um dos pontos controversos que seria a possibilidade de, com as alterações propostas, se ampliar o desmatamento no país.

Dia 25

O continente africano poderá ser dividido ao meio pelo aparecimento de um novo oceano em dez milhões de anos, segundo um grupo de cientistas britânicos que vêm monitorando mudanças geológicas na região de Afar, na Etiópia.

Dia 23

A Petrobras anunciou, nessa terça-feira à noite, a descoberta de novos indícios de óleo em um reservatório de petróleo localizado na área de concessão do Campo de Albacora Leste, no pré-sal da Bacia de Campos, no litoral norte fluminense.

Dia 22

A meta da Petrobras de chegar a 2014 com uma produção de 3,9 milhões de barris de petróleo equivalente (petróleo e gás natural) por dia, contra os atuais 2,7 milhões, será sustentada básicamente pelo desenvolvimento das áreas do pós-sal.

Dia 21

Um funcionário da BP afirmou ter avisado a empresa sobre um vazamento que descobriu no equipamento de segurança da plataforma Deepwater Horizon semanas antes da explosão no Golfo do México. Tyrone Benton afirmou que, apesar do aviso, os responsáveis pela plataforma decidiram simplesmente desligar o aparelho de segurança em vez de consertá-lo.

Dia 16

Uma equipe de cientistas norte-americanos elevou nesta terça-feira sua estimativa para o vazamento de petróleo do poço da British Petroleum no Golfo do México. Os cientistas afirmaram que “provavelmente, a vazão de petróleo hoje” varie de entre 35 e 60 mil barris por dia.

Dia 14

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que o atual vazamento de petróleo no Golfo do México terá um impacto na psique no povo americano comparável ao do 11 de Setembro.

Dia 11

O Brasil tomará medidas para tentar reduzir em 80% o desmatamento da Amazônia e em 39% a emissão de gases de efeito estufa até 2020, conforme compromisso assumido na última Conferência Mundial do Clima (COP-15), na Dinamarca, em dezembro do ano passado, reafirmou nesta quinta-feira, em Salvador, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Novos dados divulgados nesta quinta-feira pela US Geological Survey, ligada ao governo norte-americano, indicam que o vazamento de petróleo na costa dos EUA chegou a 40 mil barris de petróleo por dia, mais que o dobro de várias estimativas anteriores.

Dia 10

Os senadores aprovaram na madrugada desta quinta-feira, por 41 votos a 28, a emenda do senador Pedro Simon (PMDB-RS) que trata da divisão de royalties do pré-sal, trazendo de volta a Emenda Ibsen e redistribuindo os royalties do petróleo de forma igualitária entre todos os estados e municípios do país.

Dia 8

O presidente dos EUA, Barack Obama, criticou duramente o presidente da BP, Tony Hayward, em uma entrevista sobre o vazamento de petróleo no Golfo do méxico na qual chegou a dizer que quer saber “que traseiro precisa chutar” para punir responsáveis pelo desastre ambiental.

Dia 4

A BP começou nesta sexta-feira a capturar parte do óleo que está jorrando há 46 dias no Golfo do México, depois de instalar um funil de contenção sobre o poço cuja tubulação está rompida. O presidente dos EUA, Barack Obama, deve fazer sua terceira visita à região atingida pelo desastre.

Entre 2002 e 2008, o Pantanal perdeu 12,4 mil km² de vegetação. O desmatamento avança mais na área de planalto do bioma e é menos intensivo na planície. Cerca de 85% da vegetação da planície está preservada, mas só restam 41,8% de cobertura original no planalto.

Dia 2

O derramamento de óleo no Golfo do México criou um pânico global. É verdade que a indústria do petróleo é predatória, agride o meio ambiente e acarreta doenças aos trabalhadores. Porém infelizmente vai ser a principal fonte energética nos próximos 50 anos.

Dia 1

As linhas de transmissão de Furnas que provocaram em 2009 um apagão em 18 Estados devido a uma série de problemas, já podem voltar à sua plena capacidade. As linhas vinham operando com capacidade de 3 mil megawatts, e agora operarão a 6 mil MW.

Maio

Dia 31

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou nesta segunda-feira o vazamento de óleo que ocorre no Golfo do México desde abril deste ano. Segundo ele, o mundo desenvolvido teria feito um “escândalo” se acidente semelhante tivesse ocorrido com a Petrobras, na Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro.

Funcionários do governo dos EUA e da empresa petrolífera BP alertam que o vazamento de petróleo no golfo do México pode durar até agosto. A BP prepara um novo método para tentar tapar o poço petrolífero que jorra há 42 dias, no maior desastre com petróleo na história dos EUA.

Dia 30

A petroleira BP admitiu que sua última tentativa de conter o vazamento de petróleo em um poço no Golfo do México falhou. O vazamento, que deixou 11 funcionários mortos, vem despejando milhares de barris de petróleo no mar diariamente, e já é considerado o pior desastre ambiental da história dos Estados Unidos.

Dia 29

A petroleira britânica BP começou a jogar uma mistura de bolas de golfe velhas, pedaços de pneus e cordas no poço de petróleo rompido no Golfo do México para tentar conter o vazamento que vem despejando milhares de barris de petróleo no mar desde o dia 20 de abril.

Dia 26

A Mata Atlântica sofreu um desmatamento de 20.867 hectares de cobertura florestal nativa, no período de 2008 e 2020. Entre os nove Estados analisados, os que possuem desflorestamentos mais críticos são Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina.
Dia 25

O nível do mar está aumentando no Brasil cerca de 40 cm por século, ou 4 mm por ano. As medições mostram um movimento de afundamento vertical da crosta na ordem de 0,11 cm por ano. Isso faz com que o nível do mar suba em relação à crosta a 0,38 cm por ano, ameaçando as praias.

A BP disse na terça-feira que está explorando um novo jeito de capturar o petróleo que jorra de um poço do golfo do México, enquanto prepara uma nova tentativa de tapar o vazamento. O governo dos EUA intensificou na segunda-feira a pressão para que a BP resolva a “enorme bagunça ambiental” causada pelo vazamento.

Dia 24

Cerca de 3/4 da população mundial de peixes está em perigo e próxima ao esgotamento enquanto os ecossistemas marinhos continuam em deterioração. Uma conferência da ONU vai discutir a revisão da implementação do acordo que estabeleceu um regime jurídico para a utilização sustentável de espécies migratórias de peixes.

Dia 21

Uma câmera instalada a cerca de 1,6 mil metros de profundidade mostra uma enorme quantidade de petróleo vazando próximo da tubulação que carrega o óleo para a superfície, enquanto peixes e até uma enguia nadam ao redor e dentro do óleo.

Dia 20

A camada superior dos oceanos tem se aquecido continuamente desde 1993, o que é um forte sinal do aquecimento global e um importante fator para a elevação do nível dos mares, segundo um novo estudo internacional. O oceano é o maior reservatório de calor no sistema climático.

Dia 19

O vazamento de petróleo no Golfo do México, nos Estados Unidos, já está sendo visível em regiões a mais de 90 km do local do acidente, em uma plataforma que explodiu e afundou no mês passado. O óleo atingiu a costa do Estado da Louisiana, sujando praias da região.

Dia 18

Nos caminhos entre a usina geradora de energia elétrica e as tomadas nas casas dos consumidores, o Brasil perde cerca de 18% da eletricidade que produz. Estima-se que a maior parte dessas perdas, entre 10% e 12% da produção, esteja na parte final do sistema: a distribuição.

Dia 14

A British Petroleum (BP) vai instalar dentro de dias uma pequena cúpula de contenção no seu poço do Golfo do México, disse um porta-voz da empresa nesta quinta-feira. Antes, a empresa previa instalar a peça na semana que vem.

Dia 12

O aquecimento global pode deixar até metade do planeta inabitável nos próximos três séculos, de acordo com um estudo, que leva em conta os piores cenários de modelos climáticos. É possível que já no próximo século, várias regiões estejam sob calor intolerável para humanos e outros mamíferos.

Dia 11

O vazamento de petróleo no golfo do México poderia ser pior que qualquer coisa já vivenciada pelos Estados Unidos se os esforços para controlá-lo não forem bem-sucedidos, disse a diretora da Agência de Proteção Ambiental, Lisa Jackson, nesta terça-feira.

Dia 8

A missão, que requer extrema precisão sob água de forte pressão, e ainda no escuro, nunca foi tentada antes nessa profundidade. Funcionários da British Petroleum alertaram que não há certeza de serem bem-sucedidos nessa única opção de intervenção de curto prazo para estancar o derramamento de óleo.

Dia 7

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli, informou que a estatal bateu recorde de produção de petróleo em abril, fechando o mês com média de 2,078 milhões de barris diários.

A mancha de petróleo causada pelo vazamento de uma plataforma no Golfo do México atingiu, nesta quinta-feira, uma reserva ambiental localizada em uma ilha na costa do Estado americano da Louisiana. Um porta-voz da BP (British Petroleum, proprietária da plataforma) disse que equipes já foram enviadas à ilha para tentar proteger a natureza do local.

Dia 5

O presidente da Vale, Roger Agnelli, afirmou que está disposto a analisar um possível convite do consórcio Norte Energia, vencedor do leilão da usina de Belo Monte, para integrar o grupo como autoprodutor, “se me garantirem energia a R$ 77 “, ressaltou o executivo.

A crescente expansão da frota nacional de carros flex fuel e também das exportações levará o país a aumentar a sua produção de etanol em 36,5 milhões de litros nos próximos dez anos. A produção total em 2019 deve chegar a 64 milhões de litros – quase duas vezes e meia o que é produzido.

Dia 3

Uma enorme mancha de petróleo causada pelo vazamento em um poço submarino do golfo do México continua avançando nesta segunda-feira na direção da costa sul dos EUA, enquanto o governo do presidente Barack Obama pressiona a empresa BP a controlar o problema.

Abril

Dia 30

A Guarda Costeira dos Estados Unidos informou que parte do óleo derramado no vazamento no Golfo do México já atingiu a costa do Estado da Louisiana. O governo dos EUA decidiu suspender a perfuração de novos poços de petróleo em áreas da costa até que sejam concluídas investigações sobre o vazamento de petróleo no Golfo do México.

Dia 29

A Guarda Costeira dos Estados Unidos disse que a quantidade de petróleo que vaza de uma plataforma de petróleo no Golfo do México que afundou na semana passada é cinco vezes maior do que se pensava. O equivalente a 5 mil barris de petróleo por dia estão vazando no mar a 80 quilômetros da costa.

Dia 28

A mudança climática não está mostrando sinais de desaceleração apesar do inverno rigoroso na Alemanha que fez com que a população diminuísse sua preocupação com a ameaça do aquecimento global, disse o principal meteorologista da Alemanha, Wolfgang Kusch, presidente do Serviço Meteorológico Alemão.

Dia 26

A explosão de uma plataforma de petróleo em frente à costa americana, na semana passada, e o subsequente vazamento de cerca de mil barris de petróleo por dia no mar podem provocar um desastre ambiental, segundo autoridades. Os esforços de limpeza do óleo em frente à costa da Louisiana foram suspensos nos últimos dois dias.

Dia 23

A polêmica Usina Hidrelétrica de Belo Monte,cujo leilão para decidir qual consórcio a construirá foi realizado na última terça-feira, em Brasília, é tema de um artigo na edição desta semana da revista britânica The Economist. No artigo, a publicação cita os protestos e a batalha judicial que envolveram o leilão.

Dia 20

O consórcio Norte Energia, liderado pela Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), subsidiária da Eletrobrás, com participação da Queiroz Galvão, Gaia Energia e outras seis empresas, foi o vencedor do leilão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, que aconteceu nesta terça-feira na sede da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Durante a realização do leilão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte, nesta terça-feira, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) foi surpreendida com uma terceira decisão liminar que suspende os efeitos da disputa.

O leilão de construção da usina hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, no Pará, foi encerrado na primeira fase nesta terça-feira, com uma diferença entre as ofertas dos dois consórcios participantes de mais de cinco por cento, informou a Aneel.

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região cassou no início da tarde desta terça-feira a liminar do juiz federal Antônio Carlos Almeida Campelo, da Subseção de Altamira (PA), contrária ao leilão da Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

Dia 19

O Ministério Público Federal vai recorrer contra a suspensão da liminar que impedia o leilão da Usina de Belo Monte, no Pará, e deve protocolar um agravo interno no Tribunal Regional Federal (TRF) pedindo que o processo envolvendo a usina seja avaliado pela Corte Especial do órgão.

Dia 16

A Usina Nuclear Angra 2 está entre as 30 melhores usinas nucleares do mundo, segundo ranking elaborado pela Nucleonics Week. Em relação aos indicadores de desempenho, Angra 2, ocupa a 21ª posição. A usina brasileira fechou o ano de 2009 gerando 10.153.593,49 MWh.

Dia 8

Negociadores climáticos se reúnem nesta sexta-feira em Bonn pela primeira vez desde a cúpula de Copenhague, mas com poucas chances de fecharem um novo acordo de cumprimento obrigatório ainda neste ano.

Dia 7

Parlamentares ambientalistas e organizações não governamentais defenderam nesta terça-feira o adiamento da discussão sobre alterações no Código Florestal para 2011, após as eleições. No entanto, se depender do relator da Comissão Especial da Câmara que analisa as mudanças, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), o assunto deve ser encerrado antes de outubro.

Milhões de tartarugas marinhas foram mortas nas últimas duas décadas após ficarem presas em equipamentos de pesca. Entre 1990 e 2008, foram registradas 85 mil capturas acidentais de tartarugas.

Dia 6

Portaria do Ministério do Meio Ambiente, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, inclui Minas Gerais, Piauí, Ceará e Goiás entre os estados em situação de emergência ambiental. Antes, Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins já estavam nessa situação.

Março

Dia 31

O Secretariado de Mudança Climática da Organização das Nações Unidas (ONU) anunciou nesta quarta-feira que 75 países firmaram o compromisso de que tentarão reduzir ou limitar a emissão de gases de efeito estufa no planeta. Apenas esses países são responsáveis por 80% das emissões globais de uso de energia.

Dia 30

O fenômeno El Niño deve influenciar os padrões climáticos em todo o mundo até meados do ano antes de enfraquecer. O fenômeno pode devastar os padrões climáticos, desencadeando secas em algumas áreas e fortes tempestades em outras.

O gigantesco acelerador de partículas batizado de Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês), criado para simular um Big Bang, bateu um novo recorde nesta terça-feira ao colidir feixes gerando uma energia sem precedentes.

Dia 26

Apesar do crescimento, a frota brasileira tem emitido menos gases poluentes nos últimos 18 anos. O nível de monóxido de carbono, por exemplo, que era de 5,5 milhões de toneladas caiu para 2 milhões de toneladas em 2008.

Dia 25

O mundo perdeu uma área superior a dois Estados de São Paulo em florestas na última década, apesar da queda no desmatamento. O Brasil teve uma redução significativa na perda de florestas na última década, mas permanece como o país com o maior desmatamento no mundo.

Dia 22

A internet está se tornando uma das maiores ameaças às espécies de animais em perigo. Graças à internet nunca foi tão fácil comercializar qualquer coisa – desde filhotes de leão a peles de urso polar – em sites de leilões e salas de conversa na internet.

Dia 15

Os níveis do principal gás causador do efeito estufa presentes na atmosfera subiram para um pico novo em 2010, apesar da recessão econômica em muitos países que freou a produção industrial, mostraram dados divulgados nesta segunda-feira.

Dia 11

A companhia petrolífera britânica BP anunciou nesta quinta-feira a aquisição de ativos da Devon Energy que a permitirão explorar petróleo em águas profundas da Bacia de Campos. Além da Devon, a Petrobras já fechou parcerias para exploração da costa brasileira, que segundo as estimativas podem conter 80 bilhões de barris de petróleo.

Dia 5

O valor de investimento para a construção da hidrelétrica de Belo Monte, no Rio Xingu (PA), revisto pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) é de R$ 19,6 bilhões, segundo informou nesta quinta-feira o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Fevereiro

Dia 18

No início deste mês, a Agência Norte-Americana de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) reconsiderou sua avaliação sobre o etanol de cana-de-açúcar. A agência admitiu que, em relação à gasolina, o produto brasileiro reduz as emissões de gases de efeito estufa (GEE) em 61% – e não em 26%, como estabeleciam os cálculos anteriores.

Dia 17

Quase a metade das espécies de primatas está sob risco de extinção por causa da destruição de florestas tropicais, comércio ilegal de animais e caça para a venda de sua carne. Um total de 48% das 634 espécies de primatas do mundo são classificadas como ameaçadas de extinção.

Dia 12

Nos últimos dez anos, o Brasil recebeu cerca de 57 milhões de raios. O aumento no número de raios pode estar relacionado com alterações no clima do planeta. Pesquisadores estimam que cada grau a mais registrado na temperatura global pode ocasionar um aumento de 10% a 20% na incidência de raios.

Dia 11

A Eletronorte está investigando as causas do problema em uma de das linhas de transmissão que deixou a Região Nordeste sem luz na tarde desta quarta-feira  por cerca de 30 minutos. A queda da linha provocou um efeito cascata que deixou também mais uma pequena parte da Região Norte apagada.

Dia 6

O derretimento das geleiras no Ártico pode custar de US$ 2,4 trilhões a US$ 24 trilhões de até 2050 em danos à agricultura global, aos imóveis e às seguradoras causados pelo aumento do nível dos oceanos, enchentes e ondas de calor.

Dia 5

A Petrobras foi relacionada como uma das 100 empresas mais sustentáveis do mundo no ranking Global 100 da revista canadense Corporate Knights, especializada em responsabilidade social e desenvolvimento sustentável. O ranking Global 100 é elaborado por especialistas em sustentabilidade, que analisaram 3 mil companhias de 24 países e de todos os setores da economia.

Dia 3

A cidade de Altamira (PA) corre o risco de desaparecer com a construção da Hidrelétrica de Belo Monte, alertou nesta quarta-feira o presidente do Conselho Indigenista Missionário (Cimi), dom Erwin Kräutler, logo após reunião com o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Dia 1

Os países responsáveis pela maioria das emissões mundiais de gases de efeito estufa reafirmaram suas promessas para o combate às mudanças climáticas ao cumprirem o prazo, no domingo, para a adesão ao Acordo de Copenhague de dezembro. Especialistas afirmam que as metas de reduções de emissões prometidas para até 2020 são muito pequenas até agora.

Janeiro

Dia 29

Os Estados Unidos notificaram oficialmente a Organização das Nações Unidas (ONU) nesta quinta-feira de que adotaram o Acordo de Copenhague, estabelecendo objetivos não obrigatórios para reduzir as emissões de gases-estufa que foram negociados no mês passado.

Dia 28

A mudança climática provocada pela ação humana vai liberar na atmosfera mais gases do efeito estufa, agravando ainda mais o aquecimento global. O efeito cascata do dióxido de carbono adicional, armazenado no solo, nas plantas e nos oceanos, junto às emissões industriais desse gás, será menos grave do que sugeriam alguns estudos.

Dia 27

Geleiras em todo o mundo estão derretendo em alta velocidade e muitas delas devem desaparecer até a metade deste século, segundo o relatório divulgado pelo Serviço de Monitoramento Mundial de Geleiras.

A Petrobras subiu do nono para o quarto lugar no ranking das 50 maiores empresas de energia do mundo, segundo avaliação da consultora PFC Energy. Segundo nota divulgada na noite desta terça-feira pela estatal brasileira, o cálculo levou em conta o valor de mercado das companhias em dezembro do ano passado.

Dia 26

Apesar de não ser vista com bons olhos dentro do governo, a possibilidade de comprar etanol dos Estados Unidos ainda não está descartada, afirmou o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Dia 25

Cerca de dois terços das pessoas acreditam que seus governos e líderes empresariais não estão tomando as medidas corretas ou no ritmo acertado para evitar a mudança climática global.

Dia 20

– Se há hoje no mundo um país que pode dar lição no campo do meio ambiente, esse país é o Brasil.  A afirmação foi feita nessa terça-feira pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão.

Dia 19

O consumismo vem emergindo como a maior ameaça para o planeta, segundo o relatório anual do Worldwatch Institute. A população do mundo está queimando os recursos do planeta a uma velocidade imprudente, alerta o relatório da entidade norte-americana.

Dia 13

As emissões de dióxido de carbono pela queima de combustíveis fósseis devem crescer neste e no próximo ano nos Estados Unidos, acompanhando a recuperação econômica e dificultando a meta do governo Obama de reduzir as emissões antes de 2020, disse o principal autor de previsões energéticas para o governo nesta terça-feira.

Dia 11

Apesar de 2010 ser o Ano Internacional da Biodiversidade, não há muito o que comemorar. Pesquisadores estimam que 150 espécies sejam extintas todos os dias no mundo. Junto com a questão das mudanças climáticas, a perda da biodiversidade é o maior desafio para a humanidade atualmente.

Dia 7

A ocupação desordenada de áreas naturais, a exploração predatória de recursos da natureza e a poluição são algumas ações humanas que têm trazido sérias consequências, levando o planeta a perder cada vez mais espécies animais e vegetais.

Dia 1

Os motoristas de todo o país que abastecerem seus veículos com o diesel a partir desta sexta-feira, já o fazem com o novo percentual de 5% de biodiesel. Conforme havia sido anunciado pelo presidente Lula, a mistura B5 antecipa em três anos a meta do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel.