Brasil 1 diminui vantagem para líder

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 5 de junho de 2006 as 09:53, por: cdb

O Brasil 1 manteve o segundo lugar na oitava etapa da Volvo Ocean Race e abriu ligeira vantagem sobre o terceiro colocado, o barco norte-americano Piratas do Caribe, na regata que saiu de Portsmouth, na Inglaterra, e terminará em Roterdã, na Holanda.

Na última parcial registrada, a frota já havia alcançado o sudoeste da Irlanda e vai em direção da Ilha Fasnet. Depois, seguem para o cabo Mizzen.

A liderança da etapa continua com o barco sueco Ericsson, que está há 1076 milhas náuticas do destino. O Brasil 1 lançou o ataque pouco antes do amanhecer, aproveitando o pouco vento que soprava e que atrasava a embarcação holandesa ABN Amro.

O Piratas não reagiu e ficou dez milhas atrás dos dois primeiros, emparelhado com o barco Brunel, da Austrália.

No Ericsson, Andrew Cape, ex-integrante do espanhol Movistar e agora membro da tripulação da equipe sueca, explica “o mar irlandês é quente e ensolarado, mas para um barco de competição as condições de navegação são frustrantes”, disse.

– A água é como o cristal e quase não há ondas. Travamos uma dura batalha com o Brasil 1 há horas e ontem, infelizmente, perdemos uma vantagem de 10 milhas quando passamos pelo canal de São Jorge, entre Inglaterra e Irlanda – emendou.

A navegação é complicada por causa dos ventos fracos e variáveis na parte sul da Irlanda e que, de acordo com a meteorologia, vão permanecer na região nas próximas 24 horas já que a zona de altas pressões está dirigindo-se para o Leste.

As embarcações estão aguardando com impaciência os ventos mais fortes do Sudoeste, uma vez que a velocidade média durante as últimas 24 horas não superou os seis nós (10 K.) e o atual líder só cobriu 129 milhas (240 Km) nesse período.