Brasil 1 aumenta velocidade na reta final para a Cidade do Cabo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 29 de novembro de 2005 as 10:16, por: cdb

O Brasil 1 aumentou a velocidade e entrou na reta final rumo à Cidade do Cabo nesta segunda-feira, mantendo-se na terceira colocação da primeira perna, de acordo com o boletim oficial da organização divulgado às 8h (horário de Brasília). Com um vento forte impulsionando as embarcações dianteiras, a previsão é de que a etapa termine de quinta para sexta.

A liderança permanecia com o ABN Amro 1, veleiro que bateu o recorde de singradura (milhas náuticas percorridas em um período de 24 horas) no domingo, quando completou 546 milhas (982,2 km), com uma velocidade média de 22,7 nós.

Também no domingo, o Brasil 1 estabeleceu sua melhor marca, alcançando 484 milhas (871,2 km). No entanto, o barco comandado por Torben Grael ainda continuava longe dos principais rivais, já que estava a 190 milhas (342 km) dos líderes e a 103 milhas (185,4 km) do ABN Amro Two, o segundo colocado.

De domingo para a manhã desta segunda, a intensidade do vento diminuiu, mas os barcos ainda seguiam em alta velocidade para o litoral africano. A boa notícia é que o Brasil 1 velejava a 17,7 nós, segundo o boletim, contra 17,1 do sueco Ericsson, que estava na quarta colocação, a 38 milhas (68,4 km) dos brasileiros.

Líder da competição, o veleiro holandês ABN AMRO 1 bateu o recorde de velocidade que antes pertencia ao Movistar. Leia mais
Depois da passagem pelo portão de pontuação em Fernando de Noronha na segunda-feira, o Brasil 1 manteve-se na vice-liderança na classificação geral da regata, com 5,5 pontos, atrás do Ericsson, que tem 6,5 pontos. O ABN Amro One é o terceiro colocado, com 4,5 pontos, seguido por ABN Amro Two (3,5 pontos), Piratas do Caribe 2/EUA (2,5 pontos), movistar/ESP (2 pontos) e Sunergy and Friends/AUS (zero ponto).