Bombeiros encerram buscas em túnel e polícia ainda procura 31 presos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 10 de novembro de 2003 as 20:58, por: cdb

O Corpo de Bombeiros encerrou as buscas no túnel feito por presos da Penitenciária do Estado, que desabou no domingo. Segundo informações da Secretaria de Administração Penitenciária, os corpos dos oito mortos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal e ainda não foram identificados. No total, 87 detentos fugiram pelo túnel, dos quais oito morreram soterrados no desabamento, 48 foram recapturados e  a polícia ainda tenta recapturar 31 foragidos.

Aproveitando o dia de visitas, os presos saíram por um buraco em uma oficina desativada da prisão. Durante a fuga, parte do túnel, que tinha a saída numa casa desocupada e passava pelo esgoto, desabou e soterrou os oito presos, que acabaram morrendo por asfixia. Segundo informações dos bombeiros, o túnel foi escavado de fora para dentro da penitenciária, tinha ventilação e revestimento de cimento.

Vários detentos foram tirados pela polícia de dentro das galerias de esgotos. Alguns feridos e sujos de lama e esgoto. Foi grande a confusão nas proximidades do presídio. Como era dia de visitas, havia grande movimentação de familiares dos detentos, a maioria mulheres e crianças, que se apressaram em sair do local, em meio a viaturas e cavalos da polícia.

A central 190 da Polícia Militar recebeu, pouco antes das 14h, a denúncia  de que presos da penitenciária estavam saindo de bueiros.