Bolsa tem alta de 4,31% em março

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 7 de março de 2003 as 19:21, por: cdb

O mercado brasileiro ações teria motivo de sobra para realizar lucros nesta sexta-feira, após a alta de 3% na quinta-feira. Mas absorveu o movimento, a despeito da intensa oscilação nas bolsas dos Estados Unidos. O adiamento para a próxima semana da discussão pelo Conselho de Segurança da ONU sobre a crise no Iraque neutralizou a reação negativa às ameaças de eventual ataque unilateral feitas pelo presidente norte-americano George W. Bush contra o país de Saddam Hussein.

O Ibovespa fechou em alta de 1,02%, com volume financeiro de R$ 596 milhões, e terminou a primeira semana de março com uma valorização acumulada de 4,31%. Em Nova York, a Nasdaq subiu 0,18% e o índice Dow Jones valorizou 0,86%.

O dólar comercial, que subiu até 0,71%, a R$ 3,525, acabou cedendo à tarde para fechar em baixa de 0,09%, a R$ 3,497 – pelo terceiro dia consecutivo.

O mercado de juros encerrou a sexta-feira estável em relação ao fechamento de ontem, depois de ter apresentado um movimento de queda nos últimos dias. Na BM&F, os DIs futuros encerraram o dia com as seguintes taxas: DI de julho, 27,37% (contra 27,40% de ontem); DI de abril, 26,73% (26,68% ontem).