Bolivianos adiam reunião sobre gás natural

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de novembro de 2006 as 21:50, por: cdb

O fim do impasse entre a Petrobras e o governo da Bolívia vai demorar, no mínimo, mais um mês. Nesta quarta-feira, a estatal boliviana do petróleo, Yacimentos Pertrolíferos Fiscales Bolivianios (YFPB),cancelou a reunão marcada para esta sexta-feira. YFPB e Petrobras discutem o pedido do governo de La Paz de aumentar o preço do gás natural vendido ao Brasil.

O diretor de Energia e Gás da Petrobras, Ildo Sauer, confirmou que o cancelamento foi pedido pelos bolivianos e aceito pela estatal brasileira. A próxima reunião está prevista inicialmente para acontecer no dia 10 de dezembro, no Rio ou em La Paz.

A Petrobras, segundo reafirmou Sauer, continua mantendo sua posição de não aceitar o pedido de reajuste de preços por considerar que os mesmos estão alinhados às cotações internacionais do gás natural.