BNDES financiará aumento da produção de soja e laranja

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 8 de abril de 2004 as 15:53, por: cdb

O BNDES fará um empréstimo para o grupo Coimbra, de origem francesa, quarto maior produtor de soja e de suco de laranja no Brasil e décimo colocado no ranking de exportadores brasileiros, de R$168,3 milhões para aumento dos volumes exportados e expansão da capacidade de produção em suas unidades localizadas em Mato Grosso, Goiás, Paraná e São Paulo. Segundo informação do BNDES, a expansão projetada pelo grupo resultará na criação de 493 empregos diretos.

O aumento da produção se dará pelo incremento da capacidade de esmagamento de soja de 900 para 2 mil toneladas por dia, em Jataí (GO); de 2 mil para 3 mil toneladas/dia, em Ponta Grossa (PR); prevendo-se ainda a instalação de uma fábrica no Alto Araguaia (MT), com capacidade de esmagamento de 3 mil toneladas diárias de soja.

Já na localidade de Matão (SP), os recursos do empréstimo serão utilizados na modernização e ampliação da fábrica com a finalidade de incrementar a capacidade de esmagamento de laranja, que deverá crescer de 19 milhões para 23,4 milhões de caixas/ano. Na unidade de Bebedouro, ainda no Estado de São Paulo, os investimentos programados aumentarão a capacidade de esmagamento de 19 milhões de caixas anuais de laranja para 28,6 milhões. Serão plantadas também pela Coinbra 833 mil novas laranjeiras.

O grupo Coinbra responde no Brasil pela geração de 5 mil empregos. Em épocas de safra, o número de postos criados chega a atingir 8,5 mil.