Blitz eletrônica aponta transporte irregular no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 1 de julho de 2003 as 12:02, por: cdb

O Rio será a primeira cidade do país a fazer blitz eletrônica em táxis e vans utilizando tecnologia que faz a leitura de chips a serem instalados nos pára-brisas dos veículos regulamentados. Os leitores são computadores de mão que registram toda a frota legalizada, o que permite conferência imediata da situação de cada carro. A fiscalização eletrônica será móvel e também contará com câmeras digitais para fotografar e multar quem estiver em situação irregular.

Uma das vantagens do novo equipamento é que a blitz será feita em trânsito normal, sem a necessidade de redução da velocidade, causa de retenções do trânsito ocorridas nas operações habituais. Somente os veículos irregulares serão parados e multados. O primeiro teste do equipamento será realizado na próxima quinta-feira, às 10h30, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Jacarepaguá.