Blair faz apelo contra esquecimento de Auschwitz

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de janeiro de 2005 as 08:27, por: cdb

O primeiro-ministro britânico, Tony Blair, fez nesta quinta-feira um apelo contra o esquecimento por ocasião do 60o. aniversário da libertação do campo de extermínio nazista de Auschwitz, onde ocorreu “o fato mais terrível da História da humanidade”.

– Não devemos esquecer como acabam essas coisas; acabam em terríveis tensões, no Holocausto e na morte de milhões e milhões de pessoas inocentes, nas circunstâncias mais terríveis e perversas. – afirmou Blair em declarações aos meios de comunicação britânicos feitas em Davos (Suíça), onde assiste ao Fórum Econômico Mundial.

O premier disse que todo o mundo deve lembrar o que ocorreu há 60 anos em Auschwitz, a 60 quilômetros da cidade polonesa de Cracóvia e onde morreram cerca de 1,5 milhão de pessoas, em sua maioria judeus.