Bibliotecas macaenses são contempladas em edital nacionall

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 26 de março de 2012 as 13:31, por: cdb

As Bibliotecas Públicas Municipais Dr. Télio Barreto, no centro, e Henriqueta Marotti, em Glicério, vinculadas a Fundação Macaé de Cultura (FMC) foram selecionadas pelo Programa de Ampliação e Atualização de Acervos de Bibliotecas de Acesso Público da Biblioteca Nacional (BN). Esta inclusão foi feita através de um edital aberto em dezembro de 2011 para aquisição de livros de até dez reais.

De acordo com a bibliotecária da Dr. Télio Barreto, Juçara Souza, as duas unidades citadas acima preencheram todos os requisitos exigidos no edital da Biblioteca Nacional e foram contempladas com R$ 10.900,00 e R$ 9.000,00, respectivamente. “Este dinheiro é revertido em um cartão de crédito para ser usado em um dos estabecimentos credenciados pela Biblioteca. Em Macaé será a papelaria Nobel, do Plaza Macaé”, frisa Juçara.

A bibliotecária acrescenta ainda que os títulos já foram selecionados, mas a Biblioteca Nacional não divulgou o prazo de entrega. Entre os autores escolhidos, estão nomes que são referências no cenário nacional.

– Selecionamos livros infantis, de literatura e áudio-livro, voltados para deficientes visuais. Só a Dr. Télio Barreto que, atualmente, conta com um acervo de 40 mil exemplares, receberá 1.200 títulos”, diz ela.

A Biblioteca Pública Dr. Télio Barreto fica localizada na Avenida Rui Barbosa, 780/1º, no Centro Macaé de Cultura; e a Henriqueta Marotti nas redondezas da Praça Principal de Glicério. Ambas funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h e aos sábados, das 9h às 13h.

Outras aquisições

A Fundação Macaé de Cultura adquiriu no início do ano, mil, oitocentos e oitenta e cinco (1.885) livros, que abasteceram as cinco bibliotecas públicas municipais sob a gestão da Fundação Macaé de Cultura, que são: BPM Dr. Télio Barreto (Centro), BPM Profª. Henriqueta Marotti (Glicério), BPM Osmar Sardenberg (Sana), BPM Córrego do Ouro e BPM do Aeroporto, que será inaugurada em breve.

Dentre os títulos adquiridos encontram-se Contos de Griimm, fábulas, alguns exemplares da série vagalume, a obra de Shakespeare adaptada para adolescentes, uma releitura dos clássicos na série: Descobrindo os clássicos, tais como: O cortiço, Cidades e a Serra, A Moreninha e muitos outros títulos em HQ (Histórias em Quadrinhos).

Segundo a presidente da Fundação Macaé de Cultura, Sheila Polly, esse é um momento muito especial para a cultura macaense, no qual o aparelho público municipal passa por uma revigoração, como a mudança de espaço físico da BPM Profª. Henriqueta Marotti, a abertura da BPM de Córrego do Ouro, o novo mobiliário de ambas e a aquisição desses livros.