Benefícios do plantio de eucaliptos já podem ser vistos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 26 de janeiro de 2012 as 13:39, por: cdb

Produtores rurais já notam o crescimento das mudas de eucalipto clonado que receberam do programa Fomento Florestal, realizado pela Secretaria Municipal de Agropecuária e Abastecimento. Cada produtor recebeu até 5.050 mudas, equivalentes à três hectares. Desde que o programa foi lançado, em outubro de 2011, dos mais de 300 produtores inscritos, cerca de 120 já foram beneficiados.

Além da doação de mudas, a Prefeitura de Uberlândia promoveu o Dia de Campo para capacitação de produtores e técnicos, que foram treinados para o plantio e cultivo correto dos eucaliptos. Servidores também foram disponibilizados para visitas técnicas às propriedades, onde fizeram a verificação e demarcação dos locais para plantio. Os produtores ainda tiveram apoio para preparo do solo e subsolagem. Além disso, a assistência técnica pós-plantio é oferecida durante mais seis meses.

Dante Moreira Fernandes é um dos produtores rurais que participam do Programa Fomento Florestal. Para ele, os eucaliptos servirão como sombra para o pasto, mas também podem ter outro destino. “Quem sabe, mais para frente, a gente consiga gerar renda. Este programa ajuda muito, especialmente os pequenos produtores. É um empurrão e tanto porque faz a gente produzir mais”, contou Dante.

De acordo com Carolina de Brito Dias, coordenadora do programa Fomento Florestal, após cinco anos, o eucalipto pode ser utilizado para cerca, lenha, mourão, construção civil e até bioenergia. “A proposta inicial é de que a plantação desses eucaliptos se torne uma reserva legal. O produtor tem a oportunidade de ter uma floresta no próprio lote. Mas a maioria dos produtores tem a intenção de usar os eucaliptos como autosustento”, afirmou.

Segundo a secretária municipal de Agropecuária e Abastecimento, Walkíria Borges Naves, esse é um programa que faz parte do plano de governo do prefeito Odelmo Leão, cujo objetivo é promover a integração entre lavoura, pecuária e floresta. “Com o cultivo dos eucaliptos, os produtores contribuem para favorecer o meio ambiente e ainda podem aumentar sua renda”, disse.