Benedita da Silva afirma que vai permanecer no Governo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 2 de outubro de 2003 as 23:51, por: cdb

A ministra de Assistência e Promoção Social, Benedita da Silva, garantiu nesta quinta-feira, em Cuiabá, que vai permanecer no Governo. A ministra criticou a imprensa por não ter divulgado sua agenda na participação de eventos na Argentina, em setembro.

– Esse assunto está superado. As declarações do presidente Lula por si só colocam um ponto final nessa polêmica. Estou no Ministério porque sou competente e não por ser amiga do Lula, negra e ex-favelada – disse a ministra.

Benedita da Silva negou que tenha usado dinheiro público para custear despesas em hotéis de luxo para participar 12º Café da Manhã de Oração, promovido por organizações religiosas argentinas, na maioria evangélicas. Num desabafo, ministra reiterou que a imprensa não deu cobertura ao encontro que ela teve com a ministra argentina do Desenvolvimento Social, Alicia Kirchner, irmã do presidente Néstor Kirchner.

Durante coletiva no gabinete do governador Blairo Maggi (PPS), a ministra disse que Mato Grosso será o grande laboratório da unificação dos programas de assistência social no País.

– Tenho conversado com o governador Blairo Maggi, e ele já conversou com o presidente Luís Inácio Lula da Silva, colocando o Estado à disposição. Mato Grosso já vem tomando algumas iniciativas nesse setor e a unificação trará eficácia e maior operacionalidade – disse a ministra.