Bellucci estréia com boa bilheteria

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 28 de setembro de 2003 as 16:40, por: cdb

Em seus 30 e poucos anos, a atriz Monica Bellucci, italiana como a musa Sophia Loren, a quem é comparada, seduziu Hollywood com seus traços invejáveis. A madona de cabelos negros e medidas amplas, bem distribuídas, é a estrela de Matrix Reloaded, produção na qual contracena com Keanu Reeves, e do inédito ainda no Brasil Lágrimas do Sol, no qual contracena ao lado de Bruce Willis. Ela foi escolhida por Mel Gibson para interpretar Maria Madalena, no recém-filmado The Passion.

Para a atriz “beleza só é problema para quem se apóia unicamente nela”. Em Irreversível, que estreou com boa bilheteria nesta sexta-feira, em circuito nacional, a musa interpreta personagem que é brutalizada na trama. Sob a direção do francês Gaspar Noé, a ex-modelo ousa protagonizar uma cena perturbadora em passagem subterrânea de Paris, onde é estuprada e desfigurada em plano-sequência de 20 minutos. “Ninguém sai imune da sala de cinema”.
 
– A beleza só se torna um problema quando a atriz conta unicamente com ela na carreira. Se você for inteligente, pode usá-la a seu favor. Eu sempre me senti à vontade com a minha aparência. Não apenas porque me acho bonita, mas porque tive a sorte de ser muito amada. Sentir-se bem é um reflexo da sua vida interior – afirmou a atriz, em recente entrevista no Festival de Cannes.