Beira Mar vai ser transferido

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 15 de março de 2003 as 16:22, por: cdb

O Secretário da Administração Penitenciária Nagashi Furukawa afirmou que o traficante Fernandinho Beira-Mar será transferido de São Paulo independente de ter participado ou não do assassinato do juiz corregedor dos presídios da região de Presidente Prudente, Antônio José Machado Dias.

“Ele será transferido no trigésimo primeiro dia. Essa decisão já estava tomada antes desse episódio. O governo do Estado de aceitou excepcionalmente a vinda dele para cá para o período de 30 dias”, disse.

Beira-Mar chegou no presídio de Preside Bernardes no último dia 27. Segundo Furukawa, o juiz corregedor era rigoroso, competente e duro nas suas decisões e isso pode ter gerado alguns descontentamentos entre os presos.

Ele afirmou, no entanto, não ter condições de estabelecer até o momento qualquer ligação do assassinato com o crime organizado ou com Beira-Mar.

“O que sabemos é que não foi uma ação momentânea, foi planejada antes”, declarou o Secretário lembrando que um dos veículos utilizados na ação tinha sido roubado em São Paulo.

O Secretário disse ainda não ter recebido nos últimos seis meses do juiz qualquer referência a ameaças. Quanto à decisão do Tribunal de Justiça de transferir a corregedoria de Presidente Prudente para São Paulo, Furukawa acredita que isso não acarretará atrasos nas decisões judiciais sobre transferências e liberações de presos.

Embora acredite que a morte do juiz não deva causar tumultos, o Secretário disse que na última noite alguns presos fizeram comemorações após receberem a noticia da morte do juiz.