Beckham quer ficar no Real Madrid apesar das mudanças

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 31 de março de 2006 as 13:42, por: cdb

O capitão da seleção inglesa, David Beckham, disse que as constantes mudanças no Real Madrid não tiraram o seu desejo de encerrar a carreira no clube.

O meia também negou que seu futuro dependa de uma possível contratação do técnico inglês Sven-Goran Eriksson para o clube espanhol.

– Para ser honesto, quero acertar o meu contrato de qualquer maneira, se Eriksson vier ou não, ou com qualquer outro que venha – disse Beckham em encontro com a imprensa.

– Eu disse que quero ficar em Madrid e quero continuar jogando aqui.

Beckham, que tem contrato até 2007, disse que está disposto a fazer um novo acordo com o Real o mais rápido possível, mas reconhece que as constantes mudanças de pessoal no clube tornam as negociações difíceis.

– Pode ser que haja uma rodada de negociações nas próximas semanas, mas o clube teve mudanças.

– Todas as vezes que vamos ver alguma coisa, outra coisa muda, mas me acostumei com isso, para ser franco. Ainda vou direto ao presidente. Talvez seja bom ter uma posição antes da Copa do Mundo. Mas se não houver, não vou para a Copa preocupado com o meu futuro, para ser honesto. De um jeito ou de outro, tudo será acertado.”

Florentino Perez, que contratou o inglês junto ao Manchester United em 2003, deixou a presidência do clube de Madri, e o sucessor, Fernando Martin, disse que está procurando um novo técnico para a próxima temporada.

Martin afirma ter sete candidatos, entre eles Eriksson, que deixará o posto de treinador da Inglaterra depois da Copa do Mundo.

Jose Mourinho, Rafa Benítez, Arsene Wenger, Fabio Capello, Carlo Ancelotti e Marcello Lippi são outros nomes citados por Martin.