Bebês podem ter morrido por causa de penicilina em Taubaté

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 24 de junho de 2003 as 11:33, por: cdb

O Hospital Universitário de Taubaté suspendeu o uso de penicilina, medicamento que pode ter causado a morte de dois bebês. Segundo a assessora jurídica do hospital, Bianca Galvão, as crianças morreram logo após receberem uma dose do remédio para tratamento de pneumonia no último sábado.

De acordo com a assessora, o lote do medicamento foi imediatamente recolhido após a suspeita ter sido levantada. O remédio foi encaminhado para Vigilância Sanitária que deve divulgar um laudo em 30 dias.

O hospital irá abrir uma sindicância interna logo após a análise da Vigilância Sanitária.