BC prevê inflação de 9,5% em 2003

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 30 de dezembro de 2002 as 23:38, por: cdb

A disparada do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) nos três últimos meses deste ano levou o Banco Central a elevar para 9,5 por cento a projeção da inflação em 2003.

Os números fazem parte do relatório de inflação divulgado nesta segunda-feira pelo BC.

A estimativa para o próximo ano está três pontos percentuais acima do limite de meta de 6,5 por cento definida pelo governo federal, já incluída a margem de tolerância de 2,5 pontos percentuais.

O cálculo do BC levou em consideração uma taxa de juros estável em 25 por cento ao ano – o nível acertado na última reunião do Comitê de Política Monetária, há duas semanas, quando a Selic foi majorada em três pontos – e o dólar a R$ 3,55.

A projeção, caso se concretize, fará com que o Brasil rompa a meta de inflação pelo terceiro ano seguido.

O BC também divulgou a previsão de inflação para 2004: deverá ficar em 4,5 por cento, superando a meta de 3,75 por cento.

Para 2002, o BC já havia estimado que o IPCA fecharia o ano em 12,4 por cento.

Nas projeções de 2003 e 2004, o BC incluiu os impactos previstos com uma possível guerra dos Estados Unidos contra o Iraque.