BB diminui juros de olho na restituição do IR

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de março de 2004 as 09:58, por: cdb

Para aumentar a procura pela linha que antecipa em até 70% o valor da restituição do Imposto de Renda para pessoas físicas – CDC Antecipação IRPF – o Banco do Brasil decidiu reduzir os juros do empréstimo dos atuais 3,65% ao mês para 3,45% ao mês.

Os clientes interessados em contratar até R$ 5 mil devem indicar o BB como domicílio bancário e solicitar o crédito em qualquer terminal de auto-atendimento do banco ou via internet.

Para valores superiores e com limite máximo de R$ 10 mil, o empréstimo exige fiador e somente pode ser feito nas agências do banco. O crédito funciona como o de qualquer outro banco. O valor é liberado na conta corrente no ato da apresentação da cópia do recibo de declaração do Imposto de Renda.

O empréstimo é quitado em uma única vez, na data do crédito da restituição ou em 15 de janeiro do próximo ano. A expectativa do banco é aumentar as contratações da linha de antecipação em até 20%, em relação ao ano passado.

Desde o início de março, quando foi lançado o crédito, o banco já totalizou R$ 67 milhões em operações. Apesar da facilidade, os especialistas alertam que antes de fechar qualquer linha de antecipação do Imposto de Renda, o cliente precisa ter certeza que não cairá na “malha fina”. Caso contrário, o cliente, que contratar a linha e não receber os recursos da Receita Federal, terá que arcar com o pagamento do empréstimo sem a garantia de recebimento do dinheiro da Receita.