Barrichello se rende ao talento de Schumacher

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 4 de abril de 2004 as 11:53, por: cdb

Rubens Barrichello, segundo colocado no GP de Bahrein, admitiu que não pôde lutar de igual para igual com Michael Schumcher durante a prova devido ao ritmo do alemão.

“Na largada eu até tive de evitar um toque com Michael porque ele travou os pneus na primeira curva, mas depois ele começou a abrir. Cheguei a perder tempo no meu primeiro pit-stop, mas aí a diferença já era superior a dez segundos. Na verdade, Michael guiou muito bem hoje”, disse o brasileiro.

Schumacher classificou o fim de semana no Oriente Médio como “soberbo”. Ele abriu nove pontos de vantagem sobre Rubens Barrichello, o segundo na prova no campeonato, e agora soma 73 vitórias na carreira.

“Foi um fim de semana soberbo. No sábado foi um pouco mais difícil, mas soubemos administrar tudo corretamente e pudemos largar na primeira fila. Foi um resultado de sonho, fruto de muito trabalho duro. Mas os pneus se desgastavam com velocidade na corrida e foi preciso poupá-los o tempo todo”, afirmou.

O diretor-técnico da Ferrari, Ross Brawn, também exaltou o fim de semana da equipe italiana. “Nunca tomamos nada como certo, mas foi um fim de semana de sonho. Vencer três corridas consecutivas é o início de temporada perfeito”, declarou Brawn.