Bancada do DF no Congresso pede quase R$ 1 bilhão em emendas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 29 de novembro de 2012 as 06:02, por: cdb

A bancada do Distrito Federal no Congresso Nacional definiu as 15 emendas que irá apresentar coletivamente ao Orçamento Geral da União 2013.
No total, as propostas que agora seguem para análise da Comissão Mista de Plano, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso pedem a destinação de R$ 945 milhões para o DF.

Os deputados e senadores do DF estiveram reunidos nos últimos dias negociando quais emendas coletivas e individuais seriam feitas ao orçamento. A emenda de maior valor, R$ 250 milhões, foi destinada para financiar a construção do Hospital do Câncer de Brasília. A unidade está prevista para ser construída em terreno que será doado pelo Governo do Distrito Federal, ao lado do Hospital da Criança José Alencar, hoje uma referência no tratamento infantil da doença.

Além do hospital, outros R$ 80 milhões foram pedidos para melhorar a infraestrutura da área de saúde em todo o DF. “A decisão foi uma unanimidade da bancada. Queremos deixar esse legado para o DF”, disse o coordenador da bancada do DF no Congresso, deputado federal Luiz Pitiman (PMDB).

Os parlamentares também acataram algumas sugestões apresentadas pelo GDF na semana passada. Inicialmente, o governo apresentou mais de 20 propostas de emendas, mas após um pedido da bancada acabou reduzindo o número para as dez que considera mais importantes.

Entre as emendas do GDF acatadas, estão a que destina R$ 60 milhões para a reforma da rodoviária do Plano Piloto e outra no mesmo valor que tem como objetivo bancar a aquisição e instalação do sistema de monitoramento por câmeras de vídeo nas ruas do DF.

A área de cultura também foi beneficiada na lista. São R$ 100 milhões destinados para a ampliação, reforma e revitalização do Museu de Arte de Brasília e para a Fundação Cultural Palmares. A bancada também pediu R$ 50 milhões para obras de infraestrutura no Entorno.

O secretário de Habitação do Distrito Federal, Geraldo Magela (PT), pediu exoneração do cargo no Governo do Distrito Federal para exercer temporariamente o mandato de deputado federal até o final da semana. Magela quer participar das discussões finais da bancada do DF e apresentar as emendas individuais que têm direito de fazer ao Orçamento da União.

“Vim defender emendas para o Governo do Distrito Federal, principalmente na área de saúde, cultura e esporte”, disse Magela, que pretende destinar R$ 5 milhões para atividades culturais e outros R$ 2 milhões para a compra de um tomógrafo para o Hospital da Criança.

O prazo para a apresentação das emendas coletivas e individuais dos parlamentares no Congresso Nacional acaba hoje.

 

..