Baixada Fluminense ganha Farmácia Popular

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 13 de novembro de 2006 as 16:54, por: cdb

O município de Mesquita, na Baixada Fluminense, inaugurou nesta segunda-feira uma unidade da Farmácia Popular do Brasil. O programa, do Ministério da Saúde, em parceria com as prefeituras, oferece medicamentos com descontos que variam entre 70% e 90%, principalmente para hipertensão e diabetes.

De acordo com a farmacêutica Gladys Telles, da Secretaria de Saúde de Mesquita, a farmácia popular vai possibilitar a venda de medicamente chamados de “segunda escolha”.

– De imediato, a grande vantagem é ampliação da lista de medicamentos de atenção básica, em média 50%. Vamos ter mais medicamentos de baixo custo para uma lista ampliada tratamentos -, disse ela.

O gerente técnico da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), Hayne Felipe da Silva, informou que Mesquita é o segundo município da Baixada a receber uma unidade da Farmácia Popular, depois de Nova Iguaçu. Os municípios de Nilópolis e Belford Roxo já estão preparando os convênios e serão os próximos.

– Esses processos dependem das prefeituras com mais de 70 mil habitantes, que precisam aceitar participarem do programa -, disse Silva. Ele informou que o Ministério da Saúde entra com os remédios e mais R$10 mil por mês para ajudar nas despesas de manutenção.

O Programa Farmácia Popular do Brasil já conta com 253 unidades em todo o país. A meta é fechar 2007 com 500 farmácias. Em março, o Ministério da Saúde deu início à segunda fase do programa. Medicamentos para hipertensão e diabetes também são vendidos na rede privada com descontos de até 90%.