Baixada Fluminense ganha conjunto de obras contra inundações

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 27 de dezembro de 2010 as 12:11, por: cdb

O local ainda vai ganhar um parque esportivo, que será instalado numa área com um total de um milhão de metros quadrados.Os moradores dos bairros Lote XV, Parque Amorim e Vale do Ipê, em Belford Roxo, e Pilar, em Duque de Caxias – os dois na Baixada Fluminense – terão mais um ingrediente para comemorar as festas de fim de ano. Eles serão beneficiados com um conjunto de obra, entre as quais uma estação de bombeamento, que o Governo do Estado entrega nesta segunda-feira (27), às 10h.

As intervenções fazem parte do projeto PAC Iguaçu e tem como objetivo reduzir significativamente as enchentes que castigam a Baixada Fluminense. O local ainda vai ganhar um parque esportivo, que será instalado numa área com um total de um milhão de metros quadrados.

As obras serão inauguradas pelo governador Sérgio Cabral, a secretária estadual do Ambiente, Marilene Ramos, o prefeito de Belford Roxo, Alcides Rolim, e o presidente do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), Luiz Firmino.

As ações fazem parte do Projeto Iguaçu, de controle de inundações e recuperação ambiental das bacias dos Rios Botas, Sarapuí e Iguaçu. Todo o projeto beneficia mais de 2 milhões de pessoas. Somente para a Estação de Bombeamento, o Governo do Estado investiu R$ 5 milhões, recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental (Fecam). O vice-governador Luiz Fernando Pezão participa do evento.

A nova estação, que contará com cinco bombas importadas da Suécia, terá a função de retirar o excesso de água da área-pulmão do Canal do Outeiro, extravasando para o Rio Iguaçu, de modo a aumentar a velocidade de escoamento das águas.

– O Polder do Outeiro consiste numa bacia de acumulação com um milhão de metros quadrados, cinco estruturas de comportas e a estação de bombeamento com capacidade de bombear 7.200 litros de água por segundo. A estação é mais uma obra para reduzir as enchentes na região, uma das mais castigada no último verão -, explicou a secretária Marilene Ramos.

Além da estação de bombeamento, serão entregues as obras emergenciais do PAC do Projeto Iguaçu entre elas, três pontes no canal do Outeiro; a dragagem de 10 quilômetros do Rio Iguaçu e as obras de recuperação do polder do Pilar, que praticamente submergiu com as chuvas do verão passado.