Azeredo anuncia ‘gestão de cobrança’ ao governo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 26 de janeiro de 2005 as 16:01, por: cdb

Prestes a assumir, definitivamente, a presidência nacional do PSDB, o senador Eduardo Azeredo (MG) promete adotar uma “gestão de cobrança” ao governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

– O governo tem de parar de falar e fazer mais – afirmou, anunciando que a “fase de tolerância” entre o partido e a administração federal terminou.

Com a licença do prefeito de São Paulo, José Serra, da presidência nacional da legenda, Azeredo deve ter o nome referendado para substituí-lo por ser o primeiro vice-presidente da executiva tucana.

Os integrantes da direção da sigla reuniram-se hoje no Hotel Crowne Plaza, na capital paulista, para decidir sobre a troca do comando dos tucanos. Se o nome dele for confirmado, presidirá a agremiação até novembro, quando será eleita uma nova direção nacional.

Dentre os presentes ao encontro, estavam Serra, Azeredo, os deputados Jutahy Magalhães Júnior (BA) e Alberto Goldman (SP) o prefeito de Curitiba, Beto Richa, e o líder do PSDB no Senado Artur Virgílio (AM), e o senador Leonel Pavan (SC).