Aumenta número de greves no país, afirma estudo do Dieese

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 29 de novembro de 2012 as 10:15, por: cdb

Em 2011, houve 554 greves em todo o país, número 24% maior que o de 2010 – quando ocorreram 446 paralisações –, de acordo com dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), divulgados nesta quinta-feira (29). Este é o maior número de ocorrências desde 1997, quando foram registradas 631 greves.

foto: CUT

Os dados foram extraídos do Sistema de Acompanhamento de Greves (SAG), desenvolvido e mantido pelo Dieese, que reúne informações das greves de trabalhadores realizadas no Brasil desde 1978 e conta, atualmente, com mais de 27 mil registros.

De acordo com a entidade, os resultados dos dois últimos anos confirmam a tendência de aumento do número de greves verificada a partir de 2002 – ano em que foram registrados 298 movimentos grevistas, tida como a marca mais baixa da primeira década dos anos 2000.

Também houve um aumento da participação, já que, em 2010, o total de grevistas superava 1,6 milhão e, no ano passado, o número de trabalhadores envolvidos em greves era maior que 2 milhões.

O Dieese destaca que, entre 1997 e 2011, houve “relativa estabilidade do número de greves em baixo patamar”. O dado contrasta com o período anterior – que pode ser delimitado de meados da década de 1980 a meados da década de 1990 – caracterizado pela considerável frequência de movimentos grevistas. O destaque é o ano de 1989, quando houve 1.962 greves.

Fonte: G1

 

..