Auditores fiscais entram em greve em SP

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de junho de 2006 as 15:04, por: cdb

Os auditores fiscais do Porto de Santos, em São Paulo, decidiram, nesta terça-feira, fazer uma paralisação de 48 horas, a partir desta quarta-feira, em adesão às reivindicações do sindicato nacional da categoria (Unafisco). No aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (SP), os auditores vão parar os trabalhos por 72 horas.

Estão em greve desde 2 de maio por tempo indeterminado fiscais de nove portos e quatro aeroportos com grande movimentação de mercadorias para o exterior.

Na segunda-feira, o presidente do Unafisco, Carlos André Nogueira, disse que, com a paralisação desses dois novos setores, o comércio exterior ficará ainda mais prejudicado.

– Porque são pontos com movimento de carga muito grande – afirmou, em entrevista à Agência Brasil. Em maio, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, as exportações foram inferiores aos US$ 11 bilhões estimados pelo para o período.

O Ministério do Planejamento estuda enviar, ainda neste mês, um projeto para o aumento salarial da categoria, mas ainda não há solução para a principal reivindicação, que é o cumprimento da tabela que consta do plano de carreira e que, de acordo com o sindicalista, não vem sendo respeitada.