Ator da Globo sai da cadeia, mas vai responder a processo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 1 de maio de 2006 as 13:02, por: cdb

Ator de uma novela da Globo, Charles Adrian Paraventi, de 36 anos, preso por tentativa de suborno na noite de sábado, foi solto na manhã desta segunda-feira, mas vai responder a processo por corrupção e posse de entorpecentes. Paraventi, que interpreta o professor Afrânio em Malhação, foi preso em flagrante com duas trouxinhas de maconha, na Via Ápia, Rocinha, em São Conrado.

Após ser detido com a droga, ele tentou subornar, com  R$ 20 mil, os policiais do 23º BPM (Leblon). Autuado por corrupção ativa e levado para a 14ª DP (Leblon), ele foi transferido para a Polinter. Esta não foi a primeira vez que Charles teve problemas com a lei. Há dois anos, ele se envolveu numa briga e mordeu o rosto de um universitário por causa de um mal-entendido em um restaurante de Ipanema, Zona Sul do Rio.

Identificada como assessora do ator, Yara Pegorel Batista, de 29 anos, no entanto, continua presa. Ela foi detida com quatro papelotes de cocaína e teria dito à polícia que comprou as drogas para o ator, o que levou os policiais a lavrarem um flagrante por tráfico de drogas.