Ator da Globo é morto a tiros no Rio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 7 de abril de 2004 as 09:58, por: cdb

O ator da TV Globo Fernando Almeida foi assassinado com tiros na cabeça, na noite de domingo, em um ponto de ônibus na Zona Oeste do Rio. A polícia não tem pistas dos criminosos, que fugiram em uma moto. O corpo do ator será enterrado às 12h desta quarta-feira, no Cemitério de Irajá. 

Fernando, de 29 anos, tinha ido a uma festa em Padre Miguel, na Zona Oeste. O ator deixa um filho de sete anos, Samuel, com a produtora Antônia Fontenele. O corpo só foi reconhecido pela família na terça-feira. O irmão, Maurício Almeida, informou que ele havia saído de casa à tarde no último sábado.

Fernando era um dos poucos atores negros que compunham o quadro da TV Globo. Começou a carreira aos cinco anos, em Olhai os lírios do campo, novela das seis que estreou em 1980. Em seguida fez papéis marcantes para um ator mirim, como o Gibi de Livre para voar. Seu último trabalho na TV foi na novela A padroeira.

Fernando participou de novelas como Vale tudo, de Gilberto Braga, em que contracenava com Regina Duarte,na pele do jovem Gildo. Trabalhou ainda em Lua cheia de amor, Pedra sobre pedra, Sex appeal, O campeão, Por amor e ódio e Chiquinha Gonzaga, entre outras novelas e minisséries.