Atlético Mineiro bate o Azulão em Minas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 17 de outubro de 2002 as 23:45, por: cdb

Depois de quatro rodadas só perdendo, o Atlético Mineiro finalmente reencontrou o caminho da vitória no Brasileirão. Nesta quinta-feira, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, o Galo venceu o São Caetano por 2 x 1, renovando o ânimo para o clássico de domingo contra o Cruzeiro.

O Atlético começou dominando o jogo. Nos 12 minutos iniciais, o time da casa cobrou seis escanteios, mas não concluiu com perigo. O Azulão tentava conter o ímpeto dos mineiros com faltas e chegava ao gol de Eduardo apenas nas cobranças de falta de Adhemar.

Aos 27min, Michel cruzou da esquerda, Paulinho se antecipou à zaga do São Caetano e desviou a bola para o canto esquerdo de Sílvio Luiz. O gol não mudou o panorama, o Galo continuava mandando no jogo. Aos 40min, Michel avançou pela esquerda, passou por dois adversários e, na sobra da defesa, pegou o rebote e mandou uma bomba, ampliando o placar.

No segundo tempo, o técnico Mário Sérgio fez duas mudanças e alterou a postura tática do Azulão, que passou a marcar o Galo mais à frente. Deu certo, e a partida passou a ser equilibrada.

Aos 35min, a recompensa para os paulistas: Gutierrez derrubou Edu Sales na área e o árbitro marcou pênalti. Um minuto depois, Magrão cobrou com perfeição, diminuindo a vantagem do Atlético. Mas os alvinegros souberam segurar a vitória, conquistando três pontos que o levaram ao oitavo lugar na tabela de classificação.

ATLÉTICO 2 x 1 SÃO CAETANO

Atlético-MG
Eduardo, Gutierrez, Neguette e Hélcio; Mancini, Cleison, Genalvo, Paulinho e Michel; Renaldo (Kim) e Marques.
Técnico: Geninho

São Caetano
Sílvio Luiz, Fábio Santos, Daniel, Serginho e Gabriel (Lúcio); Iriney, Luís Carlos Capixaba, Magrão e Adãozinho; Adhemar e Robert (Edu Sales).
Técnico: Mário Sérgio

Data: 17/10/2002 (quinta-feira)
Local: Independência, em Belo Horizonte
Público: 13.632 pagantes
Renda: R$ 66.006,00
Juiz: Giuliano Bozzano (SC)
Cartões amarelos: Daniel, Luís Carlos, Genalvo, Gutierrez, Fábio Santos, Neguete, Hélcio e Serginho
Gols: Paulinho, aos 27min, e Michel, aos 40min do primeiro tempo; Magrão, aos 36min do segundo tempo.