Atentados matam 30 pessoas no Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de maio de 2006 as 08:38, por: cdb

 Pelo menos 23 pessoas morreram em novos atentados no Iraque e o número de vítimas fatais dos atos de violência, desta segunda-feira, subiu para 34, informaram fontes policiais.

O último atentado aconteceu no bairro de Al-Adamiya, norte de Bagdá, onde um carro-bomba explodiu perto da Faculdade de Medicina de Ibn al-Haizam, matando oito pessoas e deixando outras 17 feridas.

A maioria das vítimas mortais era de estudantes da faculdade, disseram as fontes. Uma explosão similar aconteceu pouco depois no mesmo bairro, sem que se saiba, até o momento, se fez vítimas.

Em Al-Kadhimiya, outro bairro do norte de Bagdá, sete pessoas morreram e nove ficaram feridas na explosão de uma bomba colocada debaixo de um carro privado.

Várias lojas e veículos estacionados na área da explosão ficaram danificados, disseram fontes do Ministério do Interior.

Outros três civis perderam a vida e cinco pessoas ficaram feridas, três delas policiais, em um atentado suicida com carro-bomba contra uma patrulha das Forças de Segurança iraquianas em Al-Masbah, no centro de Bagdá.

No bairro de Yarmouk, oeste da capital, três pessoas morreram quando um grupo de pistoleiros metralhou o carro no qual se locomoviam. Outros dois iraquianos morreram na explosão de duas bombas em Karada, no centro da cidade.

A Polícia iraquiana já informara sobre a morte de 11 operários na explosão de uma bomba colocada no ônibus no qual viajavam em uma estrada próxima à cidade de Baquba, 65 quilômetros ao norte da capital.

Deslocavam-se no ônibus cerca de 40 operários que trabalhavam em uma base militar conjunta do Exército iraquiano e dos Estados Unidos.