Atentado-suicida mata 31 diante de mercado em Bagdá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 27 de janeiro de 2012 as 11:01, por: cdb

Atentado-suicida mata 31 diante de mercado em BagdáLegenda:Moradores carregam caixão de vítima morta em ataque de homem-bomba no bairro Zaafaraniya, em Bagdá (reuters_tickers)

Por Saad Shalash

BAGDÁ, 27 Jan (Reuters) – Um homem-bomba detonou um táxi cheio de explosivos próximo a uma procissão funerária em Bagdá, nesta sexta-feira, causando a morte de 31 pessoas, no mais recente ataque a um bairro de maioria xiita desde o início de uma crise política em dezembro no Iraque.

O autor do ataque-suicida explodiu seu carro perto de um grupo de xiitas em luto que passava por um pequeno mercado de rua no bairro Zaafaraniya, no sudoeste da capital iraquiana, afirmaram autoridades da Polícia e de hospitais.

Autoridades iraquianas culpam insurgentes muçulmanos sunitas que miram os xiitas em uma tentativa de alimentar a luta sectária que matou dezenas de milhares de iraquianos no auge da guerra em 2006-2007.

“Eu estava no velho mercado de Zaafaraniya quando um funeral passou e, logo que foi embora, o carro explodiu”, afirmou Ali Mohsen. “Ajudei a retirar os mortos e pessoas feridas, o sangue cobria o chão.”

O suicida talvez tivesse como alvo a delegacia de Zaafaraniya, mas em vez disso se explodiu perto das lojas e do mercado, afirmou o porta-voz do escritório de segurança de Bagdá, Qassim al-Moussawi.

Insurgentes sunitas comumente miram órgãos locais do governo e delegacias e patrulhas da polícia como forma de mostrar que as autoridades não conseguem prover segurança.

Pelo menos 60 pessoas ficaram feridas no ataque, afirmaram as autoridades.

(Reportagem adicional de Kareem Raheem e Jim Loney)

Reuters