Atentado mata quatro em Bogotá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 25 de janeiro de 2002 as 19:41, por: cdb

Três policiais e uma criança morreram na explosão de uma bomba no sul de Bogotá, capital da Colômbia. Segundo a Polícia Metropolitana de Bogotá, o artefato explodiu em um restaurante perto de um prédio da polícia, em um bairro operário da cidade. Autoridades colombianas atribuíram o atentado a grupos rebeldes de esquerda.

“Houve uma explosão. No momento, só podemos dizer que três policiais e um menino morreram. Outras nove pessoas ficaram feridas”, disse um policial à agência de notícias Reuters. O policial atribuiu o atentado a um comando urbano das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), mas a informação ainda não foi confirmada.

A explosão destruiu os vidros de dezenas de edifícios a um raio de 300 metros do restaurante. Este foi o primeiro atentado na capital colombiana desde maio de 2001, quando uma bomba matou quatro pessoas nas proximidades da Universidade Nacional. “É muito chato transmitir notícias relacionadas com o terrorismo, de uma certa forma isso signfica fazer um favor para os terroristas”, disse o prefeito de Bogotá, Antanas Mockus.

“A única maneira de não fazer disso um favor para os terroristas é expressar toda nossa indignação e rejeição”, disse Mockus. Rebeldes das Farc vêm sendo acusados nos últimos dias de promover uma escalada da violência, apesar de terem se comprometido com o governo colombiano, no domingo passado, a discutir um acordo de cessar-fogo.