Ataques de Israel matam quatro na Faixa de Gaza

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 12 de dezembro de 2001 as 18:14, por: cdb

Quatro palestinos foram mortos em um ataque do Exército de Israel, nesta quarta-feira, no sul da Faixa de Gaza. Os helicópteros fizeram dois bombardeios com mísseis e atingiram uma área residencial perto do acampamento de refugiados de Khan Yunis. Dois palestinos, que estavam em um cemitério na hora do bombardeio, foram mortos durante o primeiro ataque. Os outros dois morreram na segunda ofensiva.

A rádio do Exército de Israel informou que o helicópteros bombardearam prédios perto do acampamento em represália a ataques contra assentamentos de colonos judeus, realizados horas antes. Os bombardeios ocorreram após o enviado especial dos EUA ao Oriente Médio, Anthony Zinni, ter declarado que continuaria sua missão de paz. Na terça-feira, ele ameaçou deixar a região se não houvesse avanço nas negociações de cessar-fogo. O enviado especial reuniu-se nesta quarta-feira com comandantes palestinos e israelenses.

Palestinos residentes na Faixa de Gaza disseram que os ataques desta quarta-feira ocorreram depois de tanques israelenses terem disparado contra a área. O acampamento de Khan Yunis localiza-se perto do complexo residencial Gush Katif, que é freqüentemente atacado por militantes palestinos.

Os últimos bombardeios também coincidem com a visita do responsável pela política externa da União Européia, Javier Solana, à região. O político foi alvo de duras críticas após chamar os grupos palestinos Jihad Islâmica e Hamas de “redes de terrorismo” e exigir que o líder palestino Yasser Arafat acabasse com eles. Os dois grupos islâmicos reagiram e convocaram os militantes a continuar a campanha contra a ocupação de Israel.