Ataque perto da embaixada dos EUA em Bagdá deixa dois mortos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 29 de janeiro de 2005 as 17:45, por: cdb

Pelo menos duas pessoas morreram e seis ficaram feridas depois que morteiros caíram nos arredores da embaixada dos EUA em Bagdá, informaram fontes diplomáticas, que não divulgaram a nacionalidade das vítimas.

As fontes, citadas pela rede Al Arabiya, explicaram que uma das granadas de morteiro caiu muito perto da embaixada, situada na fortificada “Zona Verde” do centro de Bagdá.

Ainda não se sabe se as vítimas são civis ou de militares, segundo as fontes.
A Zona Verde é uma das mais seguras de Bagdá, porém foi atacada várias vezes.

Neste sábado mesmo, uma patrulha militar americana sofreu um ataque nos arredores da Zona Verde, pela manhã, o que provocou um tiroteio de cerca de uma hora.

Além disso, outro soldado americano morreu após a explosão de uma bomba na passagem de seu comboio, quando atravessava uma região do oeste de Bagdá, segundo informou o comando militar americano em comunicado.

Além dos americanos, morreram pelo menos 12 iraquianos (dez policiais) em diversos atentados cometidos em vários pontos do Iraque, principalmente contra centros eleitorais.