Atacante do Atlético-MG pode ser banido do futebol pela Corte Arbitral

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de dezembro de 2010 as 09:33, por: cdb
Punição por dopping
Acusado de usar cocaína antes de jogos, Jóbson pode ser punido com a banição do esporte

O promissor atacante Jóbson, 22 anos, que se destacou nas divisões de base do Brasiliense, corre o risco de ser banido do futebol pela Corte Arbitral do Esporte (CAS). A Agência Mundial Antidoping (WADA na sigla em inglês), conforme o site do clube candango, entrou com recurso na CAS contra o atleta que acabou de ser negociado pelo Botafogo com o Atlético-MG. A punição pode acontecer seis meses após ele ser liberado para jogar futebol.

O jogador foi flagrado em dois jogos da Série A de 2009, em vitórias do Botafogo sobre o Palmeiras e Coritiba. Nos exames colhidos pela comissão antidoping, constou substâncias encontradas na cocaína em sua urina. Ele acabou tendo sua pena de dois anos reduzida para seis meses de suspensão.

A Agência Mundial Antidoping já comunicou o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro. O julgamento do caso ainda não teve a data marcada, na Corte Mundial.

Jóbson foi anunciado como novo reforço do Atlético Mineiro. O jogador tem seus direitos federativos vinculados ao Botafogo-RJ e ao Brasiliense.

RELEMBRE O CASO JÓBSON
O atacante Jóbson foi flagrado com traços de cocaína na urina em dois jogos pelo Botafogo no Campeonato Brasileiro de 2009, nas vitórias por 2 x 0 sobre o Coritiba (8 de novembro) e 2 x 1 diante do Palmeiras (6 de dezembro). No julgamento do Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, no Rio de Janeiro, o atleta teve sua pena de suspensão de dois anos, diminuída para seis meses.

Comments are closed.