Arquiteto da guerra no Iraque deixa Pentágono

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de janeiro de 2005 as 03:12, por: cdb

Douglas Feith, alta autoridade do governo norte-americano e arquiteto da invasão liderada pelos Estados Unidos ao Iraque, anunciou na quarta-feira que vai deixar o cargo por razões pessoais e familiares.

O secretário de Defesa dos EUA, Donald Rumsfeld, elogiou o subsecretário para assuntos políticos, dizendo que ele contribuiu para a segurança norte-americana e que fará falta. 

– Feith é criativo, bem organizado e cheio de energia. Ele ganhou o respeito de líderes civis e militares do governo- disse Rumsfeld em um comunicado.

Antes da guerra, Feith supervisionou autoridades do Pentágono acusados de usar dados de inteligência não confirmados para construir a tese de que Saddam Hussein tinha depósitos de armas de destruição proibidas. A tese se revelou equivocada depois. Segundo o porta-voz da Defesa, a saída de Feith não tem qualquer relação com questões políticas.