Arósio estréia “Casa de Bonecas” e não quer pensar em namoro por enquanto

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 19 de outubro de 2001 as 13:42, por: cdb

É por volta das três da madrugada, depois de saborear um prato forrado de folhas, que a atriz Ana Paula Arósio, 26 anos, se exercita. Acompanhada de Isabel e Amanda, suas inseparáveis cachorras da raça cocker spaniel, ela é facilmente vista pela vizinhança circulando, sem medo de assaltos, pelas ruas do quarteirão onde mora, na Lagoa, zona sul do Rio de Janeiro. O horário é o único que Ana Paula encontrou para cuidar da forma física, desde que se intensificaram os ensaios da peça Casa de Bonecas, de Henrik Ibsen, que estréia no Rio nesta sexta-feira, e na qual é protagonista e uma das produtoras. “Não tenho tempo nem para namorar. Mas tudo bem, porque quero me dedicar integralmente ao teatro”, diz ela, que está solteira desde fevereiro, quando terminou o namoro com o ator Marcos Palmeira.

Não são só as paqueras que acabaram minguando por causa dos ensaios para a peça. As badaladas noturnas em festas raves, uma de suas diversões preferidas, também ficaram de lado. Música tecno, ela só ouve às 10h, quando acorda, e no som do apartamento. Faz um mês que Ana Paula passa cerca de oito horas diárias ensaiando Casa de Bonecas, que é a terceira experiência dela como produtora. “Só dessa maneira posso escolher o texto e as pessoas com quem vou trabalhar”, explica. Sua empresária e sócia na produtora, Nissia Garcia, elogia o duplo desempenho da atriz. “A Ana Paula gosta de discutir todos os detalhes e sabe negociar muito bem. Tem talento para os negócios”, diz.