Argentinos: Furlan é um “criador de galinhas”

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de janeiro de 2005 as 09:30, por: cdb

As ironias do presidente da União Industrial Argentina (UIA), Héctor Mendéz, continuaram a pautar os debates no mercado financeiro brasileiro nesta sexta-feira. Mendéz chamou de “criador de galinhas” o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do Brasil, Luiz Fernando Furlan.

O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Armando Monteiro Neto, manifestou nesta quinta-feira repúdio à forma “descortês e deselegante” com que o argentino classificou Furlan, que, no mercado, é dono da Sadia, uma grande exportadora de carne de frango. 

 A declaraçãodo presidente da UIA teria sido uma resposta às recentes críticas do ministro Furlan a empresários argentinos, acusados de não se modernizarem e de impedir o avanço do Mercosul.

Na carta remetida a Mendéz, que preside a congênere da CNI naquele país, Monteiro Neto afirma que “tal atitude não se coaduna com a tradição das relações institucionais e pessoais entre o Brasil e a Argentina, que sempre se pautaram pelo respeito e cordialidade recíprocos. Também não contribui para o avanço das relações bilaterais, tão importantes para os dois países”.

Ainda segundo o documento, “o eventual contencioso comercial existente em algumas áreas somente poderá ser resolvido pela via do diálogo construtivo e da mútua cooperação”.