Argentina vence o Brasil pelo Sul-Americano Sub-20

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 24 de janeiro de 2003 as 01:33, por: cdb

Num jogo em que sobraram pontapés e faltou futebol, a Argentina venceu o Brasil por 1 a 0, manteve sua invencibilidade no Campeonato Sul-Americano sub-20 e assumiu a liderança do hexagonal final da competição, que classifica seus quatro primeiros colocados para o Mundial de categoria, nos Emirados Árabes Unidos.

A partida foi disputada no estádio Domingo Burgueño de Maldonado (140km de Montevidéu), diante da presença de 18 mil pessoas.

Após três rodadas na fase final, os argentinos têm sete pontos, enquanto o vice-líder Paraguai tem cinco. O Brasil, também invicto até o duelo desta quinta-feira, ficou com quatro pontos, o mesmo número de Colômbia e Uruguai. A lanterna fica com o Equador, que não pontuou até agora.

A próxima rodada acontece neste sábado com três jogos: Brasil x Equador, Argentina x Paraguai e Uruguai x Colômbia.

O gol da vitória platina saiu aos 25min do segundo tempo, num chute de Marcelo Carrusca que desviou em Alcides e tirou o goleiro Jefferson do lance.

A vantagem argentina desestabilizou o time brasileiro, que já dava sinais de nervosismo. Dois minutos após o gol de Carrusca, Felipe Melo fez falta violenta em Cavenaghi. No minuto final
Wendel teria ofendido o goleiro Eberto e também recebeu o cartão vermelho.

BRASIL

Jefferson, Daniel, André Bahia, Eduardo Alcides e Jean; Wendel, Elton (Jussiê 78), Felipe Mello e Carlos Alberto (Cleiton Xavier); Dagoberto e Willian
Técnico: Valinhos

ARGENTINA
Eberto, Rodríguez, Colace, Pinola e Carrusca; Romero, Mascherano, Zabaleta e Rivas (Belluschi); Cavenaghi (Lopez) e Tévez
Técnico: Hugo Tocalli

Local: estádio Domingo Burgueño, em Maldonado
Árbitro: Carlos Amarilla (Paraguai)
Auxiliares: Carlos Sierra (Colômbia) e Pablo Fandiño (Uruguai)
Renda e público: não divulgados
Cartões amarelos: Wendel, Dagoberto e Willian (Brasil) e Mascherano (Argentina)
Cartões vermelhos: Felipe Mello (Brasil) e Wendel (Brasil)