Argentina reclamará da Inter de Milão na Fifa

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 29 de março de 2004 as 18:58, por: cdb

A Argentina levará até a Fifa a recusa da Inter de Milão em liberar Javier Zanetti e Cristian Gonzalez a tempo para a partida de terça-feira pelas eliminatórias da Copa do Mundo contra o Equador, disseram reportagens da impressa na segunda-feira.

A Inter incluiu ambos os meias no elenco para a partida de domingo pelo Italiano contra a Reggina, impossibilitando que os dois chegassem em Buenos Aires com as 48 horas de antecedência para a partida estipuladas pela Fifa.

O técnico argentino, Marcelo Bielsa, que cortou os jogadores como consequência do incidente, criticou o cube italiano, afirmando à imprensa argentina que o congestionamento de partidas está matando o esporte.

“Eles não puderam cumprir com as exigências do futebol profissional”, disse ele.

“Eles estavam prontos para vir, mas a situação foi totalmente anormal. Eles aceitaram a decisão com tristeza e frustração porque têm grande identidade com a seleção.”

Bielsa acrescentou que considera as 48 horas estipuladas como insuficientes.

“Se um jogador vai atuar em continentes diferentes, ele deve chegar cinco dias antes”, acrescentou Bielsa. “Nesse caso eles nem mesmo respeitaram o período de 48 horas.”

As seleções nacionais normalmente contam com seus jogadores cinco dias antes de jogos oficiais, mas esta semana as eliminatórias para a Copa do Mundo acontecem em uma data reservada pela Fifa para amistosos.