Arafat seria obstáculo mais importante que Yassin

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 4 de abril de 2004 as 11:57, por: cdb

O ministro da Saúde de Israel, Danny Naveh, declarou que o líder palestino Yasser Arafat representa “um obstáculo mais importante” do que o líder espiritual do Hamas, o xeque Ahmed Yassin, assassinado em 22 de março num ataque aéreo israelense em Gaza.

“Yasser Arafat e sua liga de terroristas vindos da Tunísia (país onde se encontrava antes de retornar aos territórios palestinos) constitui um obstáculo mais importante que o Hamas e o xeque Yassin”, afirmou Naveh.

O ministro pediu novamente a expulsão do presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP), afirmando que “sua expulsão é importante porque continua transferindo fundos às organizações terroristas e estimulando os atentados cometidos pelas Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa”, um grupo armado ligado a seu movimento, o Fatah.

Segundo Naveh, as ameaças de eliminação de Arafat feitas na sexta-feira pelo primeiro-ministro israelense, Ariel Sharon, “devem fazer entender a Arafat que não dispõe de nenhuma imunidade. Que eu saiba, não há ainda uma decisão concreta de expulsar Arafat, mas temos que demonstrar firmeza”, acrescentou.

Em 11 de setembro de 2003, o gabinete de segurança israelense tomou a decisão “de princípio” de descartar Arafat devido a dois atentados suicidas que mataram 15 israelenses.