Arábia Saudita reprime manifestação por reformas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 14 de outubro de 2003 as 17:23, por: cdb

A polícia saudita usou gás lacrimogêneo e disparou para o ar, em Riad, para dispersar uma manifestação de centenas de pessoas clamando por reformas políticas e portando faixas com suas reivindicações. A polícia prendeu cerca de 50 manifestantes, segundo testemunhas. Protestos de rua raramente ocorrem na Arábia Saudita, uma monarquia absoluta governada pela dinastia Saud.

Convocados por um partido de oposição ao regime saudita, os manifestantes tentavam chegar até o prédio onde se realiza desde segunda-feira a primeira conferência de direitos humanos no país, promovida pelo governo como parte de um tímido processo de abertura política.
Segundo os organizadores, o encontro discutirá os direitos humanos no Islã, a adoção das leis internacionais sobre direitos humanos e direitos de refugiados. A polícia colocou bloqueios nas ruas para impedir que a passeata alcançasse o local do evento, no centro de Riad.