Após ameaça de bomba, EUA fecham embaixada em Manila

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de dezembro de 2005 as 11:39, por: cdb

A embaixada norte-americana em Manila fechou as portas para o público na terça-feira, após uma ameaça de bomba. A polícia filipina alertou sobre possíveis atentados da Jemaah Islamiah, uma rede de militantes ligada à Al Qaeda.

Em seu site a embaixada afirmou que o fechamento temporário deve-se a uma “informação confiável de ameaça”, a qual não foi detalhada. Uma unidade antibombas da polícia, com cães farejadores, realizou buscas do lado de fora do altamente fortificado complexo da embaixada, mas disse não ter encontrado nada anormal. Os policiais não tiveram autorização para entrar no local.

O inspetor Oscar Enciso, chefe da unidade antibombas de Manila, disse que uma autoridade dos EUA pediu ajuda na noite de segunda-feira, depois que uma mensagem de texto enviada a um celular ameaçou explodir a embaixada. O governo filipino, que luta contra insurgências islâmicas locais, assim como contra a Jemaah Islamiah, é um forte aliado dos EUA.