Apesar de acidente, Nelsinho fica feliz com dia de teste na BAR

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de fevereiro de 2005 as 18:35, por: cdb

Nelsinho Piquet realizou nesta terça-feira seu terceiro teste na Fórmula 1 e, apesar de uma pequeno acidente, mostrou-se bastante satisfeito com seu desempenho guiando o carro de 2004 da equipe BAR.

O piloto deu 42 voltas com o modelo BAR Honda 006 e teve desempenho muito próximo ao dos outros dois pilotos da BAR que estiveram em Jerez de la Frontera no dia, Takuma Sato e Anthony Davidson.

Nelsinho, filho do tricampeão de F1 Nelson Piquet, ganhou a oportunidade na BAR como recompensa pelo título da Fórmula 3 Inglesa da temporada passada.

– Acho que o treino foi muito bom, tive uma melhora considerável em relação aos meus testes anteriores, já que estava mais adaptado ao carro e também conhecia o circuito de Jerez de la Frontera – disse Nelsinho.

– O mais importante é que andei praticamente no mesmo ritmo dos demais pilotos da BAR, que são bem mais experientes. O Anthony Davidson fez 1min20seg307, o Takuma Sato fez 1min20seg539 e eu consegui 1min20seg855. Estou satisfeito com o resultado – acrescentou.

Outros brasileiros também foram à pista em Jerez nesta terça, com destaque para Felipe Massa, da Sauber, e Ricardo Zonta, piloto de testes da Toyota, que fizeram a primeira e a terceira melhores marcas do dia, respectivamente.

Rubens Barrichello, da Ferrari, ficou com o nono melhor tempo.

Este ano, Nelsinho Piquet disputará a GP2 Series, categoria recém-criada pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) com objetivo de preparar pilotos para a Fórmula 1. O piloto competirá pela equipe Hitech-Piquet Sports e terá como companheiro o também brasileiro Xandinho Negrão.